7 dicas de como aliviar a dor após manutenção de aparelho

7 minutos para ler
agendamento

A dor após manutenção de aparelho tem solução e pode ser evitada. Explicamos o que fazer!

A dor após manutenção do aparelho incomoda muitas pessoas, pode interferir no humor e até dificultar o momento de se alimentar. Mas a boa notícia é que existem formas de driblar esse pequeno problema e tornar o seu tratamento bem mais confortável.

Além disso, já existem algumas técnicas dentro da odontologia que são menos doloridas que as de antigamente. Bateu a curiosidade? Então, você vai gostar deste texto!

Conversamos com Paula Landeiro Tavares, que é especialista em ortodontia e franqueada Odontoclinic. Ela nos ajudou com algumas explicações bem interessantes sobre o tema. Confira pra saber!

Por que é comum sentir dor após a manutenção do aparelho? 

O dente doendo depois da manutenção pode durar de 3 a 5 dias. Isso acontece porque a função do tratamento com o aparelho ortodôntico ou o aparelho autoligado é justamente alterar o formato da arcada dentária. 

“A gente está apertando os dentes dentro do osso. É lá onde vai acontecer a movimentação. Esse aperto gera uma inflamação, por isso surge a dor com as ativações do aparelho fixo. Mas depois de alguns dias, o paciente já se acostuma e deixa de sentir”, explica Paula Landeiro Tavares.

Todo mundo sempre sente dor depois da manutenção do aparelho?

Bem, a resposta é: não. Sabe por quê? Em primeiro lugar, porque a dor é uma sensação subjetiva. Em segundo, porque isso depende da própria genética e do corpo de cada pessoa. Alguns de nós temos uma disposição diferente no cérebro e, com isso, uma sensibilidade maior. 

O terceiro motivo tem a ver com a técnica utilizada pelo seu dentista. Paula explica esse detalhe melhor: “já existe uma tecnologia mais avançada. Aqui na Odontoclinic, trabalhamos com fio de níquel-titânio. Ele tem o mesmo efeito, mas faz uma força menor e mais constante. A movimentação dos dentes é contínua, durante o mês inteiro, mas o paciente sente menos dor”. Dessa forma, você ganha um tratamento mais rápido e menos dolorido!

Como aliviar a dor de dente após manutenção do aparelho fixo?

Aguentar a boca dolorida é chato, não é mesmo? Por isso, confira as dicas para lidar com a dor após manutenção do aparelho!

1. Consuma alimentos gelados 

“Aqui na clínica, eu uso uma técnica de termo-ativação do fio. Isso significa que quanto mais gelado, mais maleável o aparelho se torna. Então, eu sugiro aos meus pacientes, nos primeiros dias, tomar água gelada, sorvete ou açaí caso sintam muita pressão”, sugere a especialista.

Dessa forma, com o gelado, a pressão suaviza um pouco. Depois, com a temperatura normal da boca, volta à pressão inicial.

2. Use o analgésico recomendado pelo dentista

A regra é: remédio para dor de dente após manutenção do aparelho apenas com a prescrição do profissional, combinado? Inclusive, Paula nos alerta aqui que é importante evitar os anti-inflamatórios, pois eles podem alterar a movimentação.

“Em casos mais extremos, a pessoa pode tomar um analgésico recomendado pelo dentista no primeiro dia após a manutenção. Mas isso está ficando cada vez mais raro agora com a tecnologia que a gente usa”, completa.

3. Faça refeições mais pastosas nos primeiros dias

Outra solução é dar preferência a alimentos mais pastosos, já que assim você não precisa forçar a mandíbula. “Ao comer algo mais duro, você pode sentir a sensação como se isso martelasse os dentes, então é legal optar por um macarrão ou outras comidas que não exijam tanto a mastigação nesses dois primeiros dias após a ativação”, indica a especialista.

4. Realize uma escovação suave

Acredite: por mais que seja dolorido, limpar bem os dentes faz a diferença, além de evitar cáries. Assim, comece usando o fio dental adequado. Optar por uma escova e uma pasta para dentes sensíveis também pode melhorar o desconforto. Além disso, faça uma escovação suave, inclusive para não machucar a gengiva.

5. Utilize a cera dental

Algumas vezes, a dor não é exatamente no dente, mas na gengiva que fica machucada com os bráquetes. Se isso acontece, uma solução é usar a cera dental. Na maior parte do tempo, o dentista entrega um pequeno pedaço do material para o paciente utilizar ao longo do mês, caso precise.

6. Prefira as técnicas mais modernas

Com as tecnologias modernas e a evolução do aparelho ortodôntico, por que ainda optar pelas metodologias antigas? Prefira clínicas e profissionais que usam materiais de primeira, já que, além de contarem com as melhores evidências para o seu tratamento, ainda proporcionam mais conforto.

7. Fale com o seu dentista

O profissional é responsável por um tratamento completo e de qualidade, o que envolve também dar o direcionamento certo mesmo depois do atendimento. Inclusive, ele verifica se a dor após manutenção do aparelho tem relação com isso ou se pode ser outro problema.

Como escolher uma boa clínica para fazer a manutenção?

Até aqui deu para perceber que nem todos os dentistas e as clínicas trabalham da mesma forma, não é mesmo? Confira como acertar na escolha da clínica para a manutenção do aparelho!

Pesquise referências e reputação

A internet é um mundo aberto para você descobrir se determinado estabelecimento tem boa reputação. Por isso, pesquise sobre a clínica e visite suas redes sociais. Uma ideia interessante é dar uma olhada no site Reclame Aqui que, além de conter queixas de clientes, ainda pontua algumas alternativas de acordo com o serviço prestado.

dor após manutenção do aparelho

Avalie o custo-benefício

A clínica facilita o pagamento? Prestar atenção nisso é importante, pois evita que você entre em furadas e, depois de tudo, sinta dificuldades em dar continuidade ao tratamento. Avalie se existe suporte financeiro e se os valores estão dentro da sua realidade. 

Preste atenção no atendimento

Sabia que um atendimento humanizado revela outras características da clínica? Isso diz sobre qualidade e o quanto o profissional se importa em satisfazer as necessidades do paciente. Essa atenção é ainda mais especial caso você tenha alguma insegurança ou medo de dentista. Um bom profissional escutará o que você teme e te ajudará a lidar com o tratamento da melhor forma.

Verifique os materiais utilizados

Só para ressaltar aquilo que já comentamos, verifique se a clínica odontológica adota equipamentos modernos e que te ajudem a sentir menos dor. Isso é uma forma de valorizar o paciente e de investir no sucesso no tratamento. Afinal, a estética é importante, mas o seu bem-estar também vale, certo?

Você merece conquistar um sorriso lindo. O tratamento ortodôntico é um bom caminho, mas ele não precisa ser sofrido. Portanto, dor após manutenção do aparelho, além de ter solução, pode ser evitada.

Gostou das dicas que a gente trouxe? Compartilhe o conteúdo, já que ele pode ajudar outras pessoas que também usam aparelho fixo!

Aparelho na vida adulta: o guia completo e as principais dúvidas
Posts relacionados

Deixe um comentário