Aparelho fixo: tire suas dúvidas aqui!

7 minutos para ler
agendamento

Às vezes, para conquistar um sorriso que levante a sua autoestima, é necessário contar com a ajuda de um aparelho ortodôntico fixo. Confira pra saber mais!

Apesar de ser um meio de tratamento bastante comum, o aparelho ortodôntico fixo causa dúvidas na maioria das pessoas. Seja por achar que é caro, pelos cuidados diários ou diversos mitos, muitos deixam essa necessidade de lado — o que pode provocar impactos tanto na saúde quanto na autoestima.

Se você também está com receio dessa experiência, saiba que isso é mais comum do que imagina. Uma das melhores formas de acabar com essa insegurança é conhecer os procedimentos, de que forma são feitos e como sua vida pode ser melhorada com o uso do aparelho ortodôntico fixo.

É pra isso que estamos aqui! Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

Entenda sobre o aparelho fixo

O aparelho ortodôntico fixo é um tipo de tratamento utilizado para alinhamento dos dentes, correção de imperfeições e atende desde os casos simples até situações mais graves, que demandam uma intervenção mais longa e complexa.

Ele é composto pelos bráquetes (metálicos, plásticos ou cerâmicos/estéticos) que ficam colados aos dentes por meio de uma substância adesiva e por um arco que serve de guia para a correção. Podem ter borrachinhas ou serem do tipo autoligado, que traz mais conforto e agilidade ao tratamento, sabia?

Os principais tipos de aparelho ortodôntico fixo

Os diferentes tipos de aparelhos fixos podem ser classificados entre metálicos e estéticos. Em ambos, o objetivo de alinhar o sorriso se mantém, mas, no caso de aparelhos estéticos, os equipamentos têm uma estrutura peculiar que esconde parte do dispositivo e deixa o sorriso próximo ao natural durante o seu uso. Veja em detalhes!

Metálicos tradicionais

sorriso com aparelho ortodôntico fixo

Esse é o modelo mais conhecido, principalmente pelo público jovem. O arco mantém-se preso a cada um dos bráquetes por borrachinhas e a movimentação dentária é favorecida por dobras e pelo uso de acessórios, como molas e elásticos. Nesse caso a personalização é feita no componente de látex, permitindo que você escolha a cor que desejar.

Para esse equipamento, é necessário fazer a manutenção mensal, em que o dentista aperta o aparelho dentário, obrigando os dentes a moverem-se no sentido desejado.

Autoligados

Aparelhos fixos autoligados têm uma tecnologia mais avançada, cujos bráquetes são modernos e os arcos são adequados ao estágio do tratamento. Esse recurso proporciona ótimos resultados em menos tempo, suas manutenções são mais espaçadas, podendo acontecer a cada 45 dias ou ainda mais espaçadas.

Esse sistema dispensa o uso das borrachinhas e acessórios, promovendo uma maior força para mover o dente, pois apresenta um encaixe próprio que fixa o arco, mantendo o fio ativado durante mais tempo.

Isso é um avanço e tanto, pois traz mais rapidez e conforto ao seu tratamento. O aparelho autoligado também pode ser metálico ou transparente, conforme a sua preferência.

Estéticos

Os estéticos são desenvolvidos para disfarçar o máximo de elementos do aparelho e torná-lo imperceptível. Esse modelo se destina a pessoas que se preocupam com aspectos visuais durante o tratamento, por isso é mais comum no público adulto, mas também pode ser utilizado por jovens. Dentro dessa categoria, existem alguns modelos disponíveis.

Transparente

Esse modelo substitui os bráquetes de metal por outros de material transparente, feito de policarbonato. Seu aspecto visual é muito discreto e pouco perceptível por conta da resina plástica usada em sua composição.

Safira

Já o modelo de safira conta com bráquetes de porcelana monocristalina, sendo ainda mais transparente que a policristalina. Sua estrutura também tem mais resistência à quebra e ao descolamento. Devido ao seu material, esse aparelho permite ter uma dimensão e espessura menores, e aumentar a comodidade do usuário.

Por que é importante fazer tratamentos ortodônticos

Um tratamento ortodôntico não serve apenas para tornar o sorriso mais bonito (que não deixa de ser um motivo muito válido, né?), mas também para deixar a boca mais saudável. Seja para corrigir dentes sobrepostos ou desalinhados, mordidas cruzadas ou profundas, o uso de aparelho ortodôntico fixo ajuda a retomar a autoestima e elevar a qualidade de vida dos pacientes.

Desse modo, a falta de um aparelho ortodôntico adequado dificulta a higienização da boca, facilita o surgimento de cárie, contribui para formação de tártaro e leva a problemas gengivais, de mastigação e até de fala. Além disso, existe a possibilidade de desequilíbrio dos dentes e das articulações temporomandibulares.

Quando os aparelhos fixos são recomendados

Esses tratamentos são utilizados para ajudar a movimentar os dentes, retrair os músculos e alterar o crescimento mandibular. Todas essas correções contribuem para o alinhamento dental e melhoram o aspecto visual.

Assim, eles são recomendados a todos os indivíduos que apresentam algum grau de desalinhamento dos dentes, da estrutura da mandíbula e demais aspectos que demandem alguma correção.

Por isso, é fundamental buscar um dentista de confiança para determinar qual abordagem é a mais adequada para o seu caso.

Qual é o tempo de duração desses aparelhos?

Esses aparelhos funcionam colocando uma leve pressão nos dentes e ossos maxilares. Por causa disso, é a gravidade do problema de cada paciente que determinará qual o procedimento ortodôntico mais adequado e eficaz, e quanto tempo o tratamento geral vai levar.

Nas situações comuns, eles precisam entre 12 a 24 meses para concluir seu objetivo, mas essa é apenas uma estimativa geral que engloba um tratamento em condições normais. Nos casos em que existem dentes desalinhados e sobrepostos, o período total pode se estender, enquanto em cenários simples é possível diminuir o tempo de uso do aparelho.

Sem falar que com alinhadores invisíveis e com o aparelho ortodôntico autoligado, a gente consegue, no geral, ganhar bastante tempo com o tratamento.

Os benefícios em utilizá-lo

Como visto, o período de uso do aparelho é curto, mas os benefícios que ele apresenta são duradouros e contribuem com a qualidade de vida e autoestima dos pacientes. Confira quais as principais vantagens de concluir o tratamento:

  • um sorriso mais bonito;
  • melhoria da comunicação, pois grande parte dos pacientes reclama de problemas na fala;
  • mastigação correta. Com os dentes tortos a mastigação é menos eficiente. Os alimentos são engolidos sem a trituração adequada, acarretando problemas como azia, gastrite e até úlceras.
  • higienização completa. Dentes tortos são mais difíceis de higienizar, até porque a escova ou fio dental podem não alcançar todos eles.

A escolha de um aparelho ortodôntico fixo deve ser feita sempre junto ao seu dentista, de modo cuidadoso, humanizado e respeitando os limites e preferências que cada um de nós temos. Por isso, é indispensável contar com um dentista superqualificado, que ofereça um atendimento adequado para seus objetivos e que respeite as suas decisões.

Sabia que a Odontoclinic conta com todos os tipos de aparelho mencionados? Então, agende agora mesmo uma avaliação e descubra a melhor alternativa para você!

Aparelho na vida adulta: o guia completo e as principais dúvidas
Posts relacionados

Deixe um comentário