Sigmatismo e ceceio: qual especialista procurar e como tratar

Língua presa, língua solta, ceceio, sigmatismo: você certamente já ouviu falar de algum desses termos. Todos eles se referem a distúrbios de fala, que tem tudo a ver com tratamentos ortodônticos. 

Por isso, preparamos esse conteúdo explicando o que é sigmatismo, como identificar o ceceio e como funciona o tratamento. Quer saber mais? Vem com a gente! 

O que é sigmatismo

Sigmatismo é quando ocorre a distorção de fonemas fricativos (som de S e som de Z) por conta de uma alteração na articulação da boca. 

Sigmatismo x ceceio

No sigmatismo há o som do fonema, mas de maneira distorcida. No ceceio, o som do fonema não ocorre, ou seja, não há o ponto articulatório correto. 

Sigmatismo e ceceio são comumente tratados como sinônimos. 

Sigmatismo x língua presa

Língua presa é o nome popular para quando o freio abaixo da língua é muito curto e não permite a fala correta dos fonemas, especialmente o som do R. 

O dentista é o profissional adequado para fazer a cirurgia no frênulo lingual, que consiste em um pequeno corte, aumentando a mobilidade da língua. 

Como identificar o sigmatismo ou ceceio

O sigmatismo se caracteriza pela distorção dos sons de S e Z. Existem tipos de sigmatismo: anterior, lateral, interdental e palatal. 

No sigmatismo palatal, a língua toca a parte de trás do céu da boca durante a articulação.

No sigmatismo interdental, a língua fica entre os dentes da frente. 

Ceceio anterior e sigmatismo lateral

No ceceio anterior, a língua encosta nos dois dentes superiores da frente, fazendo com que o som do S seja assobiado, por exemplo. 

No ceceio lateral, a ponta da língua faz pressão nos dentes superiores da frente, dividindo a corrente de ar, que escapa na lateral da boca. Conseguimos perceber a alteração nos sons de X e J, por exemplo. 

Ceceio nasal 

 No ceceio nasal, ocorre uma disfunção na separação entre as cavidades oral e nasal durante a fala, resultando em um som excessivamente nasalizado.

Isso pode ocorrer devido a condições como problemas estruturais no palato (céu da boca).

Ceceio, sigmatismo e ortodontia

O ortodontista avalia se há alguma disfunção na estrutura do palato, da mandíbula e/ou dos dentes que possa estar contribuindo para o ceceio ou sigmatismo. Uma má oclusão dentária ou um palato alto, por exemplo, podem afetar a fala.

Na presença de disfunções estruturais que afetam a fala, o dentista pode recomendar tratamentos ortodônticos, envolvendo o uso de aparelhos para reposicionar os dentes e a mandíbula, ou mesmo intervenções cirúrgicas em casos mais graves.

Colaboração com o fonoaudiólogo

O ortodontista deve trabalhar em estreita colaboração com o fonoaudiólogo para desenvolver um plano de tratamento abrangente.

Dando atenção às considerações do fonoaudiólogo, o dentista pode fazer ajustes nos dispositivos ortodônticos conforme necessário para otimizar os resultados.

Então, durante o tratamento ortodôntico, o dentista monitora de perto o progresso do paciente em relação à fala.

Como melhorar o ceceio

O primeiro passo é passar por uma avaliação com o ortodontista, depois com um fonoaudiólogo. Eles podem determinar a causa subjacente do ceceio e criar um plano de tratamento personalizado.

O fonoaudiólogo prescreve uma série de exercícios de articulação para fortalecer os músculos envolvidos na fala e melhorar o controle sobre eles. Há exercícios para a língua, lábios e palato.

Exercícios de articulação para sigmatismo

É importante desenvolver a capacidade de distinguir entre os sons corretos e os sons produzidos incorretamente.

O fonoaudiólogo também passa exercícios de treinamento auditivo para ajudar a aumentar a consciência auditiva e melhorar a precisão na produção de sons.

A prática é fundamental para melhorar qualquer habilidade, incluindo a fala. 

Prática regular dos exercícios

É importante praticar regularmente os exercícios prescritos pelo fonoaudiólogo, pois o tratamento do sigmatismo envolve dedicação.

Após a consulta ortodôntica, busque o acompanhamento com o fonoaudiólogo e procure apoio adicional, conforme necessário, para garantir um progresso contínuo.

Dê o primeiro passo: agende a sua consulta com o dentista

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
Você está com dor na gengiva? É melhor procurar o dentista. Confira as causas mais comuns e as possibilidades de tratamento!
A agenesia dentária é uma condição comum que pode ser tratada. Confira no post o que é e quais são as causas!
A pasta de dente para sensibilidade realmente funciona? Qual é a sua composição? Descubra lendo esse post!