Restauração no dente: entenda tudo o que você precisa

6 minutos para ler

A restauração dental, também conhecida como dentística restauradora, é uma área da odontologia que atua no processo de restauração para o tratamento de cáries e outros traumas que afetam os dentes.Neste artigo, você vai entender o conceito da restauração, quando o tratamento é indicado, como ele funciona, quais os cuidados necessários, entre outras informações relevantes sobre o assunto.

Quer ter acesso a um panorama completo sobre a restauração dentária? Então continue a leitura deste artigo e descubra!

O que é uma restauração dentária?

A restauração consiste na reconstrução do dente, seja em razão de um trauma ou da ocorrência de cáries. O profissional utiliza materiais como resinas ou amálgamas, que servem para cobrir espaços e garantir a proteção do local. Entenda melhor neste vídeo!

Quando a restauração é indicada?

De forma geral, a restauração é um tratamento indicado para pacientes que têm cáries já que, além de eliminá-las, evita dores de dente, recupera o seu formato e melhora a estética bucal. As cáries geralmente estão relacionadas a má limpeza e escovação dos dentes, vinculadas a decomposição do açúcar nos dentes. Quando não há remoção adequada desses alimentos, as bactérias da placa geram ácidos que iniciam o processo de desgaste do esmalte do dente. Ao longo do tempo, causam danos irreversíveis aos dentes.

Como funciona o tratamento?

O tratamento de restauração começa após a avaliação do dentista, que identificará quais dentes precisam ser restaurados e o procedimento necessário de acordo com o diagnóstico e as especificidades de cada paciente.

Geralmente, o processo começa com a limpeza da zona cariada com um aparelho próprio. Em alguns casos é aplicada anestesia local, isso vai depender do grau das cáries e da sensibilidade do paciente. Depois, é realizada a remoção da cárie e colocação da resina por cima do dente, com o propósito de cobrir a região, impedindo assim o surgimento de novas cáries no local.

Nos pacientes em que a cárie é muito profunda, o dentista pode realizar a remoção de parte ou da totalidade do dente. Nestes casos pode ser necessário colocar uma prótese. Entretanto, é necessário a avaliação caso a caso.

Quais os cuidados necessários com a restauração no dente?

restauração no dente

Após realizar a restauração, além do cuidado com a higiene bucal para evitar novas cáries, o paciente deve consultar o dentista periodicamente, preferencialmente de seis em seis meses. Isso porque o dente restaurado fica mais sensível que o normal.

Vale destacar que a falta de tratamento da cárie pode causar problemas graves nos tecidos dentários, provocando: dores frequentes e intensas, necessidade de tratamento de canal e, em casos mais graves, risco de perdas dentárias.

Qual a durabilidade de uma restauração?

A durabilidade da restauração vai depender do tipo de material utilizado e do procedimento adotado pelo seu dentista. Por isso, é importante realizar uma avaliação, consultar as opções oferecidas pelo seu profissional de confiança e avaliar com ele a durabilidade de cada material disponível.

Qual é a diferença entre uma restauração e uma obturação?

A obturação é um procedimento muito conhecido e que é usado em dentes cariados que tiveram alterações na sua estrutura. O objetivo do procedimento é recuperar o dente, garantindo a manutenção da sua beleza e funcionalidade.

A principal diferença entre a obturação e restauração é o material utilizado no procedimento. A obturação é feita, na maior parte dos casos, com amálgama, um material acinzentado e que é utilizado em dentes que não são visíveis. Já na restauração do dente, pode-se usar porcelana, resina composta, amálgama e até ouro!

Como saber se você precisa de uma restauração?

Para saber se você precisa de uma restauração é necessário realizar uma avaliação odontológica. A resposta para essa pergunta só pode ser dada pelo profissional de saúde, por meio de avaliação física presencial e o uso de equipamentos adequados. Entretanto, se em uma breve avaliação no espelho você verificar alterações no aspecto ou ainda, vem sentindo dores, é hora de ligar o sinal de alerta e agendar uma consulta com o seu dentista.

Na consulta, ele vai averiguar se há algum problema e, em caso positivo, quais dentes estão com características de deterioração. Neste caso, solicitará exames complementares como uma radiografia. Somente após os exames, será indicado o tratamento mais adequado de acordo com os resultados obtidos.

O que causa cáries nos dentes?

Como vimos, a cárie é um problema causado em decorrência da limpeza inadequada dos dentes, o que provoca a decomposição dos açúcares dos alimentos, e consequentemente, o surgimento de bactérias Streptococcus mutans.

Quando os alimentos não são completamente removidos da cavidade bucal, essas bactérias geram ácidos que desgastam o esmalte dos dentes. Com o passar do tempo são criados os orifícios que nós conhecemos como cáries. Para evitar o problema, além de escovar os dentes após todas as refeições, o uso de fio dental e o consumo controlado de alimentos com açúcar são ações imprescindíveis.

Assim, consulte regularmente o seu dentista e realize os cuidados diários de higienização bucal. Com pequenos cuidados diários e bons hábitos de saúde você protege os seus dentes e evita danos mais graves para a sua saúde bucal.

Vale lembrar que cáries não tratadas em tempo hábil podem evoluir para problemas mais graves que, em algumas situações mais sérias, levam à necessidade de remoção do dente afetado!

Você gostou deste artigo sobre restauração no dente? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de conteúdos exclusivos com dicas sobre saúde bucal!

Posts relacionados

Deixe um comentário