Conheça os diferentes tipos de prótese dentária e tire suas dúvidas

6 minutos para ler

Existem diferentes tipos de prótese dentária e cada um é indicado para uma necessidade distinta. Alguns modelos recuperam a estrutura do dente, outros fazem a reposição de dentes perdidos ou substituem toda a arcada dentária.

As próteses são alternativas para os pacientes que não querem ou não podem se submeter ao tratamento com implantes. Em alguns casos, são uma solução provisória para repor os dentes até que seja possível fazer a implantação dos pinos.

As características dessas próteses são distintas, por isso, preparamos um artigo para explicar as principais diferenças. Continue lendo para conhecer essas opções de tratamento e os casos em que são indicadas.

Prótese Total

É aquela que vai substituir todos os dentes da arcada dentária superior, da inferior ou de ambas, conforme a necessidade do paciente. Popularmente chamada de dentadura, se encaixa na gengiva e no céu da boca (palato), podendo ser retirada pelo próprio paciente.

As próteses totais são confeccionadas em resina acrílica, reproduzindo tanto os dentes quanto os tecidos gengivais. Elas devolvem a função mastigatória para o paciente, favorecem a respiração e a dicção, além de valorizar a estética.

São indicadas para quem perdeu todos os dentes e, por algum motivo, não pode se submeter ao tratamento com implantes. Também são uma alternativa quando o procedimento será realizado em breve, evitando que, durante o período de espera, o paciente fique sem os dentes. Nesse caso, é chamada de prótese total imediata.

Prótese Parcial Removível

Algumas pessoas perdem mais de um dente, o que pode ser em sequência ou em regiões diferentes da arcada dentária. Para quadros como esse são recomendados os tipos de prótese dentária parcial removível (PPR).

As próteses parciais podem ser confeccionadas de duas formas. Uma é com base em uma estrutura metálica que contém grampos que se encaixam nos dentes remanescentes, garantindo a fixação do dispositivo. Essa é uma estrutura que garante uma boa estabilidade durante a mastigação.

A outra técnica ocorre com a utilização de um material mais flexível, a poliamida. Por isso, esse tipo de prótese parcial é conhecida como Flex. Ela não contém componentes metálicos, mas também se encaixa nos dentes remanescentes.

Embora não tenha tanta estabilidade quanto a prótese com metais, apresenta a vantagem de ser mais confortável no uso e favorecer a estética do sorriso, já que a tonalidade da sua base é similar à da gengiva, imitando a textura desse tecido.

Prótese Provisória

Quem precisa de uma solução provisória para repor os dentes perdidos pode ser tratado com dois tipos de prótese dentária: total ou parcial. O primeiro tipo é aquele que vai substituir todos os dentes do indivíduo enquanto ele não pode realizar um tratamento de implantes, por exemplo.

Na prótese parcial provisória o princípio é o mesmo, só que o paciente tem dentes remanescentes. Ela faz a reposição temporária dos que foram perdidos enquanto a pessoa está tratando alguma doença bucal, como acontece nos quadros de periodontite.

As próteses provisórias têm uma estrutura mais simples e, geralmente, não utilizam materiais com alta durabilidade porque são apenas um tratamento de transição. Dessa forma, seu custo fica menor para o paciente, mas a funcionalidade e a estética são satisfatórias.

Prótese Sobre Implante

A prótese sobre implante é indicada para os pacientes que precisam repor todos os dentes de uma ou das duas arcadas dentárias. Nessa técnica, não é necessário instalar um pino para cada dente que será substituído, minimizando os custos do tratamento e a sua invasividade.

O procedimento envolve o posicionamento de alguns implantes em áreas estratégicas da arcada dentária. Eles servirão como base para uma prótese total, assim, todos os dentes são substituídos de uma vez.

A grande vantagem desse procedimento é a estabilidade e a segurança que proporciona. Como a prótese é fixada sobre implantes que estão presos ao osso, ela não se movimenta na boca da maneira como acontece com a removível. Logo, o paciente tem mais segurança para comer, sorrir e falar.

Existem dois tipos de prótese sobre implante que apresentam uma pequena variação. São eles a prótese overdenture e a prótese protocolo.

Overdenture

É fixada com cerca de 4 implantes dentários, número menor em comparação com a prótese protocolo, o que faz com que o tratamento seja um pouco mais acessível. Além disso, tem a facilidade de poder ser retirada da boca pelo paciente.

Protocolo

Essa prótese requer cerca de 6 implantes para ser fixada. Lembrando que tanto para ela quanto para a overdenture esse número pode variar, dependendo da necessidade do paciente. A característica do protocolo é que só pode ser retirada da boca pelo dentista, sendo, portanto, totalmente fixa.

Coroa

De todos os tipos de prótese dentária, a coroa é aquela que tem uma estrutura mais simples. Isso porque vai tratar apenas um dente, mas a sua indicação é para casos variados. Logo, também existem tipos de coroa dentária diferentes.

É possível confeccionar uma coroa para fazer restauração indireta em um elemento dentário que tenha perdido grande parte da sua estrutura. Nesse caso, é uma pequena peça que o dentista cola sobre esse dente para que ele volte a ter seu tamanho e formato ideais.

Essas pequenas próteses podem ser chamadas de inlay, onlay ou overlay. A diferença entre elas está na quantidade de estrutura dentária que será reposta. Assim, substituem respectivamente as pequenas, médias e grandes destruições causadas por cárie, fratura ou desgastes, por exemplo.

Existe, ainda, a coroa que fixamos sobre um implante dentário. Algumas pessoas acreditam que o implante é o dente artificial, mas, na verdade, é o pino que posicionamos no osso. Sobre esse pino é colocada a prótese, que tem as características do dente natural e cumprirá seu papel funcional e estético.

Em todos os tratamentos que envolvem próteses dentárias esses dispositivos são confeccionados de forma personalizada. O especialista, com base nas características da dentição natural, desenvolve o projeto dos novos dentes para que reproduzam com naturalidade seu formato, tamanho e tonalidade.

Para adequar os tipos de prótese dentária a cada caso, é preciso consultar um profissional que planeje e execute o tratamento da melhor forma. Ele fornecerá orientações sobre o uso e a limpeza de prótese dentária, já que o procedimento também requer cuidado para garantir a sua longevidade.

Quer mais detalhes sobre o tratamento com próteses dentárias e suas indicações? Então, entre em contato com os nossos especialistas para esclarecer suas dúvidas!

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário