Abscesso dentário: saiba como tratar e evitar esse problema!

8 minutos para ler

É comum que a gente acabe se preocupando com a aparência dos nossos dentes, se estão branquinhos e sem cáries, já que isso indica que estão saudáveis. Mas não podemos esquecer de que a saúde da gengiva também precisa ser monitorada para que não aconteçam problemas como o abscesso dentário.

O nome parece estranho? Mas saiba que o problema pode ser comum — ao se desenvolver por causa de uma periodontite, além de outras condições que favorecem a proliferação de bactérias e o consequente acúmulo de pus. Como consequência, pode até mesmo causar a perda de um dente.

Assunto muito importante, não é? Foi por isso que a gente preparou este artigo com a contribuição do dentista cirurgião geral Luís Henrique Sessel, que também é coordenador da Odontoclinic de Campo Limpo. Ele explica como tratar e, principalmente, evitar o abscesso dentário. Veja só!

O que é abscesso dentário?

O abscesso dentário é uma infecção provocada por bactérias que causam o acúmulo de pus ao redor do dente ou na ponta da raiz dele. Em muitos casos, é possível perceber um inchaço ou caroço em decorrência do pus acumulado, e também ocorre dor.

Luís Henrique explica que o abscesso pode ser provocado por diferentes causas, como uma cárie antiga que não recebeu o tratamento certo. Também costuma acontecer quando há uma trinca ou fratura no dente, pois facilita a entrada das bactérias na polpa dentária.

A periodontite, quando não é devidamente tratada, também favorece a formação de abscessos. Além disso, o dentista conta que a presença de um corpo estranho entre a gengiva e o dente pode causar esse quadro por causa de lesões na região. Poderia ser, por exemplo, uma casquinha de pipoca.

Quais são os tipos de abscesso e suas causas?

Existem dois tipos diferentes de abscesso dentário, sendo o periodontal e o periapical. Eles recebem essas classificações de acordo com a área que foi atingida pela infecção, como você pode ver a seguir.

Abscesso periodontal

“O abscesso periodontal é o que chamamos de uma periodontite não controlada. Muitos fatores influenciam e ele acontece sempre ao redor do dente, muito pelo excesso de placa, que evoluiu para o tártaro”, esclarece o especialista.

Abscesso periapical

O abscesso dentário periapical, por sua vez, é aquele que atinge sempre a ponta da raiz do dente. De acordo com Luís Henrique, está mais relacionado com os casos de cárie que evoluem para problemas de canal, aqueles que atingem os tecidos internos do dente.

Quais são os sintomas do abscesso?

abscesso dentário, sintomas

Os sintomas de abscesso dentário incluem manifestações e desconfortos como:

  • dor;
  • acúmulo de pus;
  • sangramentos;
  • secreção purulenta;
  • inchaço ou caroço na região afetada.

Entretanto, é importante ressaltar que o abscesso dentário não é uma emergência odontológica. Ele não ocorre de uma hora para outra. Seus sinais começam de forma sutil, conforme o especialista comenta.

“A evolução é lenta, não é uma doença aguda. A piora acontece aos poucos, o paciente tem os sintomas de sangramento e inchaço. Na sequência, vem o agravamento”. Então, é possível intervir de forma precoce para que o tratamento seja menos complexo, a recuperação mais rápida e os danos menores.

Como o abscesso dentário é tratado?

O abscesso requer técnicas de tratamento periodontal, como a raspagem. Ela é feita com o objetivo de eliminar o acúmulo de tártaro que está proliferando as bactérias e fazer a limpeza do pus e outros resíduos inflamatórios e infecciosos.

Luís Henrique conta que, além da raspagem periodontal, é feito o alisamento da raiz e são indicados medicamentos antibióticos, ou bochechos feitos com enxaguantes que tenham esse princípio para controlar a inflamação e a proliferação das bactérias.

Existem casos em que é necessário realizar a cirurgia periodontal. Ela costuma ser indicada para os pacientes que têm um acúmulo de tártaro muito profundo. Assim, é preciso fazer uma pequena abertura na gengiva para facilitar a remoção do cálculo, garantindo que todos os resíduos serão eliminados.

O Guia completo da saúde da gengiva

O tratamento causa dor?

Essa é uma das grandes preocupações dos pacientes, certo? Mas não só em relação ao tratamento do abscesso dentário — muita gente deixa de procurar o dentista por medo de sentir dor, mas é muito importante saber que ela acontece por causa da doença e não do tratamento.

O procedimento para tratar o abscesso dentário inclui a aplicação de anestesia no local. Esse tipo de medicamento inibe as reações nervosas, evitando que o paciente sinta dor ou qualquer tipo de desconforto enquanto estiver sendo atendido.

Isso mostra o quão importante é conhecer os mitos e verdades sobre tratamentos odontológicos. Afinal, como você viu, o abscesso dentário evolui de forma lenta, assim como acontece com outras doenças e problemas bucais, mas as pessoas deixam de buscar atendimento por medo de sentirem dor.

Essa atitude faz com que o quadro se agrave muito, comprometendo de forma intensa a saúde bucal. Isso também provoca sintomas ainda mais desconfortáveis e faz com que sejam necessárias técnicas mais complexas para tratar o problema. Como consequência, a recuperação pode ser ainda mais lenta.

Como é a recuperação?

De acordo com Luís Henrique, a recuperação acontece de acordo com a resposta do organismo de cada pessoa. De toda forma, ela costuma ser lenta, com evoluções que são percebidas uma após a outra.

“A gente primeiro vê que os sintomas vão melhorando, dia a dia. Primeiro, notamos a gengiva que vai desinflamar, o sangramento começa a cessar. A gengiva vai ficando mais colada ao dente, como tem que ser, sem o inchaço”.

Como evitar o abscesso dentário?

O cuidado com a saúde bucal é a principal forma de evitar o abscesso dentário. Portanto, a melhor medida para garantir uma boca saudável é realizar uma higiene caprichada. Os dentes precisam ser escovados após cada refeição, e o fio dental deve ser usado sempre, de preferência em cada escovação.

Também é muito válido evitar o tabaco, porque as toxinas presentes no cigarro são grandes causadoras de doenças na gengiva. Além disso, Luís Henrique reforça a importância de fazer o acompanhamento odontológico de forma periódica.

 “As visitas frequentes ao dentista facilitam o diagnóstico precoce. Fazemos radiografias também, tem o controle clínico dos sintomas e sinais da doença”. O suporte do dentista complementa os cuidados que você tem em casa, e ainda conta com a visão profissional para identificar pequenas alterações no começo, evitando que o quadro se agrave.

É interessante se consultar regularmente com o periodontista. Ele também vai acompanhar a saúde das suas gengivas e trabalhar a parte de conscientização e instrução, mostrando com mais detalhes o que é doença periodontal, como você pode identificá-la no começo e as melhores medidas para fazer a prevenção conforme suas necessidades.

O abscesso pode provocar a perda do dente?

As consequências do abscesso dentário são um fator que requer muita atenção. Segundo Luís Henrique, elas são as mesmas provocadas pela periodontite: “existe a destruição do osso que pode acarretar a perda de dente”.

Isso acontece porque os nossos dentes estão fixos na boca em função dos tecidos periodontais, como a gengiva, os ligamentos e o osso alveolar. O abscesso dentário provoca a perda deles, então, os dentes não conseguem mais se manter presos na boca e podem se soltar e cair.

Outro detalhe muito importante é que há chances de o abscesso dentário provocar problemas sistêmicos. Algumas bactérias têm afinidade com os tecidos do coração. Elas migram para ele por meio da corrente sanguínea levando à manifestação de problemas cardíacos, como a endocardite bacteriana.

Por todas essas razões, você precisa de especialistas que acompanhem sua saúde bucal de uma forma completa, e esse suporte você encontra em uma boa clínica, como a Odontoclinic. Nossa equipe avalia suas necessidades por completo, monitorando a saúde de toda a sua boca para identificar sinais ou fatores de risco no começo e tratar de forma precoce.

Esse cuidado é indispensável para prevenir o abscesso dentário e outros problemas tratados pela periodontia e demais especialidades odontológicas. Assim você terá certeza de manter a sua boca saudável para garantir um belo sorriso e até mesmo o equilíbrio do seu organismo.

Veja como a Odontoclinic pode ajudar você a manter a sua saúde bucal. Acesse o site para conhecer os tratamentos realizados pela nossa equipe!

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário