Sensibilidade após o clareamento: saiba como agir!

7 minutos para ler

Se você está querendo dentes mais brancos, saiba que o quadro de sensibilidade após o clareamento dental é comum. Inclusive, essa é uma das razões para que esse procedimento, que se popularizou bastante nos últimos anos, seja realizado por um profissional especializado e experiente, sabia? Dessa forma, podemos manter essa reação sob controle.

O fato é que os dentes ficam sensíveis de forma passageira, fato que pode ser minimizado com a escolha da técnica mais adequada. Assim, o suporte de um bom dentista é indispensável para que a estética do sorriso seja melhorada sem comprometer a saúde dos dentes.

Para entender o que causa essa reação e o que fazer com a sensibilidade após o clareamento dos dentes, fomos conversar com a dra. Bruna Ribeiro de Castro Nunes, dentista especialista em ortodontia e franqueada Odontoclinic (Indaiatuba, SP). Continue lendo e confira as explicações da profissional!

Por que os dentes ficam sensíveis após o clareamento?

A sensibilidade após o clareamento ocorre porque o gel utilizado no procedimento consegue penetrar a camada superficial do dente — ou seja, o esmalte — e atinge as bordas da dentina. Essa porção mais interna dos dentes abriga terminações nervosas, que sofrem estímulos em função do contato com a substância.

Apesar dessa reação, o gel clareador, quando aplicado por um dentista especializado, não compromete a saúde nem as estruturas do dente. Naturalmente, a dentina é mais sensível, e algumas pessoas têm essas reações por causa de variações de temperatura, como quando ingerem algo quente ou gelado.

Essa sensibilidade é igual para todo mundo?

De acordo com Bruna, não é sempre que a sensibilidade após clareamento se manifesta. De toda forma, é esperado que, em algum grau, ela seja desenvolvida pelo paciente. Logo, é uma característica muito individual, sendo que algumas pessoas a apresentam em maior grau, e outros, em menor.

Por causa disso, alguns pacientes não podem ser submetidos a certas técnicas, como a caseira, conforme a especialista explica: “existem pessoas que não estão aptas a fazer, pois o limiar de dor delas não permite. Isso existe”. Por esse motivo, é interessante fazer o clareamento com um ótimo dentista.

Quanto tempo dura a sensibilidade?

Saber quanto tempo dura a sensibilidade nos dentes após clareamento é importante para que você monitore sua saúde bucal. “No geral, são até 15 dias de sensibilidade depois de feito o clareamento. Isso, dentro do que é suportável, porque, quando deixa de ser, o dentista pode intervir para entender o que está acontecendo”, esclarece Bruna.

Portanto, quando a sensibilidade está muito intensa, durante ou após o procedimento, e não apresenta melhoras ao longo dos dias, você deve conversar com o profissional. Segundo a dentista, em alguns casos, é preciso interromper o clareamento para entender o que está acontecendo e priorizar a saúde e o bem-estar, ok?

Todo clareamento causa sensibilidade?

sensibilidade após clareamento

Baseada em sua própria experiência, Bruna conta que a sensibilidade após clareamento pode se manifestar em qualquer uma das técnicas. No entanto, é mais comum que isso aconteça quando o paciente faz o clareamento em casa.

“No caseiro, é a pessoa que manipula o gel, que o coloca na moldeira e encaixa nos dentes. Mas acontece que, se não colocar na quantidade correta, esse gel vai extravasar, e aí você perde o controle de para onde ele vai. Se a pessoa coloca em excesso, isso acaba sendo um problema”, diz a especialista.

Embora, na técnica de consultório, o paciente também possa perceber seus dentes sensíveis, é mais fácil controlar essa reação. Bruna conta que um dos motivos é porque o clareamento a laser tem propriedades anti-inflamatórias, o que ajuda a minimizar a sensibilidade.

Como amenizar a sensibilidade após clareamento?

Existem algumas formas de amenizar a sensibilidade após clareamento, para ter mais conforto ao longo do tratamento, além de garantir a saúde bucal quando ele for finalizado. A seguir, você confere algumas recomendações e medidas importantes.

Use um creme para dentes sensíveis

Um dos cuidados pós-clareamento recomendados pelos especialistas é o uso de um creme dental para dentes sensíveis. De acordo com Bruna, o efeito anestésico proporcionado por esse tipo de produto é o que vai ajudar a reduzir a reação, mas ela conta que essa pasta de dente também é uma aliada antes de iniciar o procedimento.

“Esse creme para dentes sensíveis é ideal para ser usado cerca de uma semana antes do procedimento. Vai ajudar porque o dente fica mais forte, já que o produto tem mais flúor e outros componentes que trazem essa função anestésica”.

Faça o tratamento com um bom dentista

Outro alerta que a especialista faz é que existem diferentes tipos de gel para cada caso, e a técnica também deve ser adotada de acordo com a necessidade de cada pessoa. Assim, o suporte de um bom dentista é fundamental para que o clareamento seja planejado conforme as características do paciente e respeitando sua saúde bucal.

Além disso, ela conta que nem toda luz que é utilizada no consultório odontológico é, de fato, laser, e apenas o dentista é quem tem conhecimento disso. Portanto, fazer o clareamento com um profissional de confiança é importante para usufruir da propriedade anti-inflamatória que o clareamento a laser pode proporcionar, como você já viu.

Além disso, em alguns casos, os pacientes precisam de procedimentos antes do clareamento — desde uma profilaxia ou mesmo tratar cáries. Esse cuidado é o que vai garantir um bom resultado e mais saúde bucal, sabia?

Siga à risca as recomendações do profissional

Conforme a explicação da especialista, principalmente no clareamento caseiro, existe uma grande chance de o paciente acabar errando na hora de aplicar a técnica. Até porque, há quem tenha a crença de que usar mais gel pode acelerar o processo — mas isso não é verdade, viu?

O uso exagerado do produto, segundo a dentista, pode provocar até mesmo queimaduras nas mucosas bucais, e o tempo de contato do gel com os dentes deve ser mantido dentro do limite especificado pelo profissional. Então, seguir à risca as recomendações é indispensável para conquistar o sorriso branco desejado, mas sem comprometer sua saúde e segurança.

Evite fazer por conta própria

Fazer o procedimento por conta própria, adotando receitas caseiras e produtos que não foram indicados por um dentista, não é uma boa alternativa — nem de longe! Essa prática aumenta os riscos de intensa sensibilidade após clareamento e pode trazer outras complicações, como queimaduras e intoxicação.

A recomendação da especialista é procurar um profissional especializado e de confiança. Finalizado o tratamento, também não deve ser adotada nenhuma medida caseira para amenizar a sensibilidade. O ideal é conversar com o dentista, relatar o que está acontecendo e seguir as instruções dele.

Bruna finaliza fazendo um alerta: “como foram popularizados, muitos procedimentos estéticos também se banalizaram. A questão da saúde ficou em segundo plano para cuidar da aparência, mas é importante ter a noção de que, para um bom resultado estético, você precisa estar com a saúde em dia — não dá para fugir disso”.

Então, se você quer, de fato, um sorriso bonito, precisa de um profissional experiente e de uma ótima clínica odontológica. A Odontoclinic é referência no atendimento, pois trabalha com excelentes materiais, tecnologia de ponta e um time de profissionais especializados e capacitados para garantir os melhores resultados.

Nossa equipe pode ajudar você a ter o sorriso perfeito que deseja, com total segurança e um suporte completo. Assim, a sensibilidade após clareamento será mantida sob controle, e você vai aproveitar todas as vantagens e benefícios que esse tratamento oferece.

Gostou dessas dicas e informações? Então, siga os perfis da Odontoclinic nas redes sociais para conferir nossas postagens! Estamos no Facebook, YouTube e LinkedIn.

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário