Aparelho fixo e móvel: quais as diferenças e quando optar por cada um?

10 minutos para ler
agendamento

Metálicos, transparentes, de porcelana, com borrachas coloridas ou totalmente incolores. Não importa o modelo, a verdade é que o aparelho ortodôntico já se tornou realidade na vida de muitos brasileiros.

Até o final dos anos 70, o aparelho dentário era muito desconfortável e feio. Mas, com o passar dos anos, as pesquisas foram evoluindo e, hoje, existe uma grande variedade de modelos com diversas funcionalidades, permitindo ao paciente escolher o formato que mais se adéqua ao seu estilo de vida e de bolso.

Existem diferentes tipos de aparelhos fixos e móveis, trazendo, assim, diversas opções para os pacientes. Nos tópicos a seguir, descubra mais sobre o aparelho ortodôntico ideal para cada caso!

Quais são os tipos de aparelhos ortodônticos móveis?

O aparelho ortopédico – mais conhecido como aparelho móvel – é utilizado principalmente em crianças de até 12 anos. A função desse modelo é, entre outras coisas, realizar alterações na estrutura óssea dos pacientes. Quando ele ainda está em crescimento, fica mais fácil corrigirmos as falhas que possam existir nessa estrutura.

Existem muitos casos que só serão resolvidos na idade adulta, por meio de cirurgias. No entanto, com o uso de aparelhos móveis ortopédicos na infância esses problemas são facilmente resolvidos. A criança deve utilizar o aparelho móvel constantemente, apenas removendo-o para as refeições e higienização.

Pensando em melhorar a aceitação das crianças, já é possível confeccionar os modelos com personagens das histórias infantis mais queridas das crianças. Se o dentista do seu filho recomendar o uso de aparelho móvel, veja a possibilidade de personalização com o personagem que ele mais gosta. Será um grande incentivo para seguir o tratamento corretamente até o fim.

Nem todos os aparelhos móveis são iguais. Dependendo das necessidades, eles podem variar, é por isso que, hoje, há opções como:

  • aparelho móvel funcional: usado especificamente como estímulo ou direcionamento do crescimento e posicionamento da mandíbula; 
  • aparelho móvel de contenção: é usado após a finalização do tratamento ortodôntico para manter os dentes no lugar;
  • extrabucal: usado especialmente em crianças para controlar o crescimento da arcada dentária superior e movimentar os dentes superiores para trás.

Quais são os tipos de aparelhos fixos?

Os aparelhos fixos têm em sua estrutura fios e braquetes cuja função é puxar os dentes e fazer com que eles fiquem alinhadas na posição correta, sendo um processo que acontece de maneira gradual.

Atualmente, há diferentes opções disponíveis para o tratamento ortodôntico. Conheça as principais a seguir!

Aparelho fixo metálico

O aparelho fixo metálico começou a ser conhecido no final dos anos 80, quando se tornou comum entre os adolescentes, mas ainda não era acessível devido ao valor cobrado pelo tratamento.

Nesse modelo, a correção é feita diretamente nos dentes e não mais no osso, como nos aparelhos ortopédicos. Por meio de força mecânica, que movimenta os dentes, o aparelho os coloca na posição adequada.

Por conta do grande volume de adolescentes que utilizam o aparelho fixo metálico, a indústria desenvolveu diversas customizações que deixaram o modelo mais divertido.

As famosas “borrachinhas”, utilizadas para fixar o fio nos braquetes, ganharam novas opções de cor e forma. Hoje, já é possível encontrar “borrachinhas” no formato dos naipes do baralho, por exemplo. Já pensou em transformar seus braquetes em um jogo de cartas? Seus amigos vão adorar.

Aparelhos fixos estéticos

Se você não é mais um adolescente e está buscando um modelo de aparelho ortodôntico ideal e que seja mais discreto para o seu estilo de vida, não se preocupe, pois esse modelo já existe. O volume de adultos que vai em busca do sorriso perfeito cresceu muito nos últimos anos.

De olho nesse público mais exigente, a indústria desenvolveu braquetes quase transparentes, que tiram totalmente o aspecto metálico adolescente do aparelho ortodôntico. Na parte funcional, possuem as mesmas qualidades do aparelho metálico, mas os braquetes são mais discretos.

Existem atualmente dois modelos de aparelho fixo estéticos: o de porcelana e o de safira. Vamos explicar as diferenças para que você possa escolher o melhor modelo para suas necessidades.

Aparelho fixo de porcelana

Os braquetes de porcelana possuem um aspecto leitoso e opaco. Apesar da aparência frágil, os aparelhos fixos de porcelana são bem resistentes e não quebram com facilidade.

Os braquetes de porcelana ainda são muito utilizados porque o valor do tratamento é mais acessível do que um tratamento com braquetes de safira. Mas, se você procura por mais transparência, talvez ainda não seja esse o seu modelo de aparelho ortodôntico ideal.

Aparelho fixo de safira

Se você está procurando um aparelho ortodôntico ideal e totalmente estético, esse modelo é pra você. Ele é feito com uma porcelana monocristalina que dá ao braquete um aspecto transparente, tornando-o praticamente invisível.

Quer uma notícia ainda melhor? É o modelo estético mais resistente – mais ainda que o de porcelana – e não amarela. Ou seja, até o término do seu tratamento o aspecto dos braquetes será o mesmo.

Esse modelo ainda apresenta outra grande vantagem frente ao de porcelana, que é o desgaste no local do fio metálico. No modelo de safira, esse desgaste é praticamente igual ao do metálico, que é considerado o mais resistente entre os aparelhos ortodônticos estéticos.

É possível combinar materiais diferentes?

Nesses 25 anos em que o aparelho ortodôntico se popularizou, o mercado trouxe diversas soluções. Além de tornar o aparelho fixo e móvel mais bonitos, houve grande evolução no tratamento quando o quesito é tempo. Trata-se do aparelho dentário conhecido como autoligado.

Mas, o que esse modelo tem de tão revolucionário? Ele eliminou a necessidade de borrachinhas para prender o fio ao braquete. A falta dessas borrachinhas elimina o atrito entre fio e braquete e, dessa forma, o aparelho funciona melhor e mais rapidamente. Isso também torna as visitas ao dentista menos frequentes – o paciente vai ao consultório a cada dois meses (8 a 10 semanas) para ajuste e não mensalmente, como no modelo convencional.

Agora você deve estar se perguntando: queria combinar essa comodidade com a elegância do aparelho ortodôntico transparente. Será que é possível? Sim, você pode solicitar ao dentista colocar um aparelho autoligado de safira, por exemplo. Com essa combinação, você usará um aparelho dentário quase imperceptível.

Perceba na imagem que o autoligado não apresenta nenhuma “borrachinha” para ligar o fio ao braquete. Em ambos os modelos, o próprio braquete é que segura e ativa o fio de contenção.

[IMAGEM]

Existem aparelhos mais discretos?

Agora que já conhece todos os modelos de aparelhos fixo e móvel, você pode estar pensando que nenhum deles ainda atende às suas necessidades de descrição. E foi pensando nesse público que surgem os alinhadores invisíveis. São placas transparentes confeccionadas em impressoras 3D que simulam as mudanças necessárias nos dentes durante o tratamento para chegar ao alinhamento perfeito.

Funciona da seguinte maneira: a cada 15 dias, o paciente troca a placa por uma nova até a correção final. Pronto, é disso que eu preciso – você deve estar pensando, certo? Mas, como toda grande inovação, o modelo de alinhador invisível ainda não ganhou escala para se tornar acessível à maior parte das pessoas.

Alinhador Odontoclinic – a evolução do aparelho fixo

Se o alinhador invisível ainda não cabe no seu bolso, mas você procura mais conforto no tratamento ortodôntico, talvez a solução esteja em um modelo novo que acabou de chegar ao mercado. O alinhador Odontoclinic é o resultado de uma combinação de tecnologias que transformam todo o processo de colocação e manutenção do aparelho fixo em algo mais confortável e rápido.

A primeira grande vantagem é que, graças à tecnologia, o tratamento é 25% mais rápido que nos modelos tradicionais. Por que isso acontece? Não é mágica! O alinhador Odontoclinic é mais rápido porque a colagem indireta dos braquetes permite maior precisão, evitando ajustes durante o tratamento.

Além disso, o modelo é mais confortável porque elimina a necessidade de molde fixo. Toda a documentação para confecção do aparelho ortodôntico é feita de forma digital, com o auxílio de um Scanner Intraoral. Veja a explicação no vídeo abaixo.

[VÍDEO]

Como escolher o aparelho ortodôntico ideal?

Bateu aquela dúvida sobre qual é o aparelho ortodôntico ideal para escolher? Separamos algumas dicas para te ajudar nesse processo!

Escolha de acordo com o seu orçamento

Para quem está disposto a investir um pouco mais no sorriso e não quer sofrer com a estética durante o processo de alinhamento dos dentes, existem modelos variados. No caso dos fixos, há opções como os feitos em policarbonato e safira, sendo que este último tem uma cor bem próxima dos dentes. Mas, há ainda os alinhadores transparentes.

Tenha consciência do tempo disponível para cuidados

Alguns aparelhos exigem um cuidado a mais, que é o caso dos fixos. Por estarem atrelados aos dentes, precisam de um tempo maior para a higienização. Mas não é só isso que devemos considerar. O sucesso de um tratamento ortodôntico depende também do paciente.

É preciso fazer a sua parte. Seja tendo paciência para fazer as manutenções, quando se usa o aparelho fixo,ou tendo disciplina para usar o aparelho móvel, afinal, se ele fica mais na caixinha do que na boca, o resultado vai demorar muito mais.

Confie o trabalho a um profissional especializado

Um dentista especializado faz toda a diferença na hora de proporcionar melhores resultados com o tratamento ortodôntico. Além de identificar quais as suas reais necessidades enquanto paciente, ele também poderá instruir sobre os cuidados, como cada opção poderá beneficiá-lo, além de contribuir para o sucesso do tratamento.

Como a Odontoclinic pode ajudar?

A Odontoclinic conta com inúmeros especialistas em ortodontia, prontos a atender aos pacientes que necessitam de diferentes tipos de tratamentos odontológicos. Você encontra um serviço de documentação completa, que consiste em conjunto de exames, incluindo radiografias, que auxiliam o profissional na análise de cada caso da ortodontia.

Além disso, a Odontoclinic oferece a opção de diferentes tipos de aparelho fixo e móvel, além do acompanhamento mensal com um profissional. Há também as opções de aparelhos móveis, destaque aqui para os alinhadores invisíveis, que contam com a mais moderna tecnologia em tratamento odontológico.

Agora que você já conhece todos os tipos e modelos de aparelhos ortodônticos, que tal procurar seu dentista e iniciar seu tratamento o mais breve possível? Ele poderá ajudá-lo nesse processo, indicando qual o aparelho ortodôntico ideal, garantindo, assim, que os resultados sejam satisfatórios.

E então, quer começar já o seu tratamento? Agende a sua consulta conosco!

Aparelho na vida adulta: o guia completo e as principais dúvidas
Posts relacionados

Deixe um comentário