Você sabe o que é placa bacteriana?

6 minutos para ler

Você sabia que a maioria dos problemas bucais acontecem por causa da formação da placa bacteriana? Afinal, ela contém micro-organismos que provocam reações orgânicas, como as inflamações, levando à manifestação de doenças bucais.

É preciso ter muita atenção porque a placa bacteriana se forma todos os dias em nossa boca e, diariamente, precisa ser eliminada para evitar essas reações. A boa notícia é que isso é fácil de fazer, bastando higienizar os dentes.

Preparamos este artigo para falar um pouco mais sobre a placa, suas características e as complicações que ela pode trazer. Continue lendo e aprenda tudo sobre o assunto para cuidar melhor da sua saúde bucal!

O que é a placa bacteriana?

A placa bacteriana não é uma doença ou um problema bucal. Na verdade, é uma condição que pode levar ao desenvolvimento dessas complicações por favorecer a proliferação de bactérias nocivas para os dentes, a gengiva e outros tecidos da boca.

Também chamada de biofilme, a placa bacteriana é uma fina camada composta principalmente por resíduos alimentares que se depositam sobre os dentes sempre que nos alimentamos. Por isso, ela pode ocorrer em pessoas de todas as idades, já que está relacionada à alimentação, não a condições orgânicas.

Saiba como a placa se forma

Toda vez que comemos alguma coisa, resíduos de alimento ficam depositados em nossos dentes. Porém, não se trata de pedaços maiores que podemos enxergar com facilidade. São pequenas partículas, dificilmente perceptíveis a olho nu, que se acumulam no esmalte e nas bordas da gengiva.

Quando a higienização não é realizada corretamente, esses resíduos ajudam a formar um ambiente propício para a proliferação de bactérias. Elas encontram calor, umidade e nutrientes para se alimentarem. É dessa maneira que acontece a formação da placa bacteriana.

Apesar de a boca humana conter bactérias benéficas e importantes para o equilíbrio da saúde bucal, quando os resíduos de alimentos se acumulam em excesso e não realizamos a escovação, há a formação de placa bacteriana. Ela traz prejuízos e desencadeia problemas e doenças.

O que a placa bacteriana pode causar?

Como você viu, a placa bacteriana é uma condição normal, uma vez que se forma sempre que nos alimentamos. Além disso, pode surgir durante a noite, enquanto estamos dormindo.

Mesmo sendo um processo normal do organismo, quando não eliminada, a placa bacteriana pode causar diversos problemas. Como explicamos, a maioria das complicações bucais acontecem por causa dela, uma vez que contém micro-organismos nocivos.

A seguir, apresentamos os principais problemas causados pela placa bacteriana. Acompanhe.

Cárie

A cárie é uma das doenças bucais mais comuns e também pode se manifestar por causa da formação da placa bacteriana. Isso porque os micro-organismos contidos nela provocam lesões no esmalte dentário.

Durante seu processo de alimentação, as bactérias liberam ácidos que corroem o esmalte dentário, deteriorando a sua superfície e causando dor de dente. Como essas lesões acumulam ainda mais placa bacteriana, a cárie pode aumentar e até levar à perda do dente, se não for tratada.

Gengivite

A presença de bactérias nocivas na placa bacteriana causa irritações nas gengivas. O sistema imunológico reage desencadeando uma inflamação para tentar combater esses invasores. A inflamação recebe o nome de gengivite.

Ela pode acontecer de forma isolada e mais leve, em apenas uma região da boca. Também é possível que afete a gengiva como um todo, desencadeando diversos sintomas: sangramentos, inchaço, mau hálito e sensibilidade.

Periodontite

A periodontite é uma doença bucal que exige muita atenção devido às complicações que pode trazer. Ocorre como uma evolução da gengivite, caracterizando-se como uma inflamação ou infecção muito mais grave e extensa. Não atinge apenas a gengiva, pois afeta os demais tecidos que sustentam os dentes.

Em casos de periodontite há uma perda desses tecidos, que reduzem o seu tamanho e, por isso, não conseguem mais manter os dentes fixos na boca. A dentição perde a sua base, o que pode fazer o elemento dentário se soltar da boca.

Além dessa complicação severa, a gengivite provoca sangramentos, formação de bolsas com pus, sensibilidade, retração gengival, gosto ruim na boca, mau hálito e outros sintomas.

Tártaro

A placa bacteriana tem uma textura mais macia, por isso, pode ser facilmente removida pela escova de dente. Quando não fazemos essa higienização há o risco de se formar o cálculo dental, também conhecido como tártaro.

Essa complicação acontece porque a saliva é composta por diversos minerais que, quando em contato prolongado com a placa bacteriana, levam à calcificação dela, formando placas endurecidas, principalmente entre os dentes e nas bordas das gengivas.

O tártaro também contém bactérias, assim, a presença dele leva à manifestação da gengivite. A condição prejudica a estética do sorriso por causa da sua tonalidade mais amarelada, em alguns casos, escura, pendendo para o castanho.

Como tratar a placa bacteriana?

placa bacteriana

Conforme explicamos, a placa bacteriana não é uma doença ou problema bucal, por isso, não é tratada de fato. O que precisamos é adotar as medidas corretas para garantir a boa higienização bucal e eliminar esses resíduos depositados sobre os dentes.

Sendo assim, para remover a placa bacteriana, basta escovar os dentes após cada refeição. Lembrando que isso não precisa ser feito imediatamente após comer. Devemos esperar cerca de 20 minutos ou meia hora para que não haja um grande desequilíbrio do pH bucal.

A língua também precisa ser escovada porque os restos de alimentos se depositam sobre ela. Essa higienização deve ser complementada com o uso diário do fio dental.

Prevenção da placa

Prevenir totalmente a formação da placa bacteriana é difícil porque ela é resultado natural do nosso processo de alimentação. Porém, é fato que existem alguns alimentos que favorecem o acúmulo de resíduos. É o caso daqueles ricos em carboidratos, amidos, com textura pegajosa e açucarados.

Minimizar o consumo deles pode ajudar a reduzir a formação da placa, mas isso também pode ser feito optando por um creme dental que garanta proteção prolongada, de modo a dificultar a adesão dos resíduos no esmalte.

A placa bacteriana causa diversos problemas, portanto, realize a higiene bucal adequadamente. Também não deixe de comparecer às visitas ao dentista para que ele complemente os seus cuidados. Assim, você garante o total equilíbrio da saúde bucal.

Gostou dessas informações? Então, assine a nossa newsletter para receber em seu e-mail mais dicas de como cuidar bem do seu sorriso!

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário