Como tirar os dentes de leite do seu filho do jeito certo?

12 minutos para ler
agendamento

Você convive com alguma criança? Saber como tirar dentes de leite do jeito certo pode ser um grande desafio. Entenda mais sobre o assunto!

A queda dos primeiros dentinhos de leite é um momento importante na vida de uma criança, pois pode influenciar, inclusive, na forma como ela vai encarar os cuidados com a saúde bucal ao longo da vida e na rotina de visitas ao dentista.

Contar com o apoio dos pais nessa etapa é fundamental para que as crianças não tenham medo de ir ao dentista. Você sabe qual é hora certa de tirar um dente da criança? Quais são os principais cuidados que os pais devem ter?

Montamos este artigo especial para ajudar quem está vivendo esse momento em casa. Além de conferir as respostas para as principais perguntas sobre o assunto, você terá outras informações superimportantes, que vão ajudar em todo o processo de cuidado com a saúde bucal dos seus pequenos.

Quer saber como tirar dentes de leite do jeito certo? Continue a leitura!

Qual é o momento certo de tirar o dente de leite?

Normalmente, os primeiros dentes de leite começam a cair no período entre 4 e 6 anos de idade. Quando um dente começa a cair, leva cerca de um mês até o fim do processo. Enquanto isso, os dentes vão ficando moles e a raiz se desprende, naturalmente, da gengiva da criança.

Esse pode ser um período de muita ansiedade para os pais e para a criança, por isso, o odontopediatra deve estar presente na rotina, certificando-se de que a perda desses dentes aconteça de forma natural e sem prejuízos à saúde.

Uma questão muito importante envolvendo esse período, que se inicia com o amolecimento e termina com a queda do dente, é que os especialistas recomendam que os pais respeitem esse tempo e não se apressem para a retirada do dente, já que esse tipo de atitude pode assustar e até machucar a criança.

Além disso, incentivar as crianças a amolecer os dentinhos é fundamental durante o processo de queda da dentição de leite. Isso dará autonomia para a criança e tornará o processo muito mais natural e tranquilo, além de facilitar para que os dentes se soltem sem dificuldades.

Como tirar dentes de leite do jeito certo em casa?

Na maior parte dos casos, o dente cairá sem esforço, sendo recomendado que os pais usem uma gaze ou um pano limpo e, movimentando o dente da criança levemente em direção à boca, esperem até que ele se desprenda completamente da gengiva.

Como destacamos, muitas vezes a queda acontece naturalmente, principalmente se a criança estimular o amolecimento do dente. Durante a escovação ou o uso do fio dental, também é comum que a queda aconteça.

Se o dente estiver muito mole e for necessária uma intervenção dos pais para a retirada, a ideia é ir com cuidado e, é claro, estar com as mãos higienizadas.

Caso haja um pequeno sangramento após a retirada do dente, não se preocupe: isso é muito normal. Nesse caso, o recomendado é pressionar a região com a própria gaze por um pequeno período e evitar que a criança coma por cerca de 30 minutos — o que contribui para a agilidade na cicatrização da gengiva.

Quais são os erros que não se deve cometer quando o dente da criança está mole?

Infelizmente, muitos pais cometem erros durante o processo de amolecimento dos dentes de leite dos filhos — até mesmo na orientação e nas rotinas de cuidados com a saúde bucal.

É natural que isso não ocorra de forma proposital, mas por falta de conhecimento das consequências que isso pode ter na vida da criança. Então, é hora de aprender como tirar dentes de leite do jeito certo!

Listamos alguns dos erros mais comuns cometidos pelos pais quando o dente da criança está mole, além dos cuidados para evitá-los. Confira!

Forçar a queda do dente

Você não deve forçar a queda do dente. Como destacamos, esse é um processo que deve ocorrer naturalmente, e a intervenção dos pais só deve ser necessária caso o dente esteja muito mole e incomodando a criança. Caso contrário, estimule seu filho a amolecer o dente com a língua e manter uma boa higiene bucal. Assim, o dente deve cair sozinho.

Mexer na boca da criança

Evite mexer com as mãos na boca da criança. Se você quiser ver como está a situação do dente, além de higienizar bem as mãos, é recomendado, preferencialmente, usar um cotonete. O ato de colocar a mão na região está associado ao surgimento de doenças e contaminação. Evite!

Amedrontar a criança

Evite amedrontar a criança com relação à saúde bucal. Muitos pais, sem se dar conta das consequências disso, ameaçam a criança, dizendo coisas do tipo “Vou te levar ao dentista se você não escovar os dentes direito”.

Infelizmente, isso faz com que a criança crie uma imagem negativa do profissional, o que pode causar traumas para toda a vida adulta. Oriente e eduque seus filhos, mostrando que a saúde bucal é importante e que o dentista é um profissional que ajuda a resolver problemas nos dentes.

Quais são os cuidados que você deve tomar?

Como destacamos, o período entre a queda dos dentes de leite e o nascimento dos dentes permanentes é de extrema importância para o desenvolvimento da criança.

Elencamos, a seguir, alguns cuidados que devem ser tomados durante esse processo e que podem favorecer a confiança do seu filho. Confira!

Converse com a criança

O primeiro passo para que esse processo transcorra tranquilamente é conversar. Dialogue com o pequeno, a fim de identificar quais são os medos e as ansiedades da criança nesse momento.

Se possível, cite o exemplo de algum amiguinho ou até mesmo mostre uma foto sua quando criança, sem os dentes. Isso vai gerar uma identificação e diminuir a ansiedade do pequeno.

Transmita segurança

Em seguida, é hora de transmitir segurança. Nada de histórias mirabolantes sobre a perda dos seus próprios dentes. O objetivo nunca é assustar a criança.

Aqui, é a hora de responder a todas as perguntas. Se você não souber, não tem problema. Pesquise ou entre em contato com o dentista para respondê-las. Mostre que está tudo bem e que a queda dos dentinhos é um processo natural.

Dê autonomia

Respeitar o corpo da criança é algo que deve ser feito desde a mais tenra idade. Você pode demonstrar todo esse respeito até mesmo no momento da queda dos dentes de leite.

Dê autonomia para que a criança pergunte, estimule o dente e observe todo o processo entre o amolecimento e a queda.

Cuide da higiene

Durante o processo, cuide sempre da higienização das mãos e utilize gaze ou panos limpos para a retirada dos dentes da criança. Nada de contaminar a região!

Enquanto fizer isso, aproveite e oriente a criança com relação à importância do cuidado com a higiene. Explique que os próximos dentes serão fixos, e que os cuidados com eles devem ser levados muito a sério.

Fuja de métodos antigos

Perder um ou mais dentes de leite não deve ser um processo traumático. Muito pelo contrário! Essa situação marca o início de uma fase completamente nova na vida das crianças.

Sendo assim, fuja de métodos antigos que podem assustar e até machucar a gengiva da criança — nada de amarrar o dente com fio dental na porta, mandar seu filho morder algum objeto ou mesmo arrancar o dente à força e antes da hora. Não tenha pressa!

Cuide do momento após a retirada do dentinho

Após a queda, evitar alimentar a criança por cerca de 30 minutos, pois isso vai favorecer a cicatrização da gengiva.

Utilize o momento para se conectar com o pequeno. Deixe que ele decida o que quer fazer com o dentinho, pergunte como ele está se sentindo e dê colo, se necessário. Se a criança acreditar na fada do dente, entre na brincadeira! O ideal é criar associações positivas para as próximas consultas odontológicas e assuntos que envolvam a saúde bucal.

Lembrando: busque sempre a orientação do odontopediatra para auxiliar ao longo de todo esse processo, ok? Assim, caso algo não saia de acordo com o planejado, você terá a quem recorrer e tornar esse momento muito mais tranquilo para todos. 

dente de criança

O que acontece se o dente de leite não cair? 

É preciso se atentar à progressão da queda dos dentes de leite. Caso isso não ocorra, a criança pode apresentar alguns problemas dentários e bucais.

O que acontece é que, quando o dentinho não sai do lugar, isso não impede que o dente permanente nasça. Ele vai aparecer de qualquer jeito, na maioria dos casos. Assim, temos o que é conhecido como desalinhamento dental, com a possibilidade de um dente ficar por cima do outro.

Esse problema não é meramente estético. Dentes amontoados promovem o ambiente perfeito para o acúmulo de bactérias, dificultando a higienização e trazendo prejuízos para a saúde.

Há, ainda, casos em que o dente permanente não encontra espaço para sair. Assim, ele pode nascer “deitado”, o que dificulta ainda mais o problema e pode gerar um desalinhamento geral da arcada da criança, exigindo uma intervenção complexa, para deixar tudo como deveria estar.

Quais são as causas da retenção prolongada? 

Esse problema pode ter diversas causas. Uma das principais é a falta de espaço na boquinha da criança, mas há outras razões, como:

  • presença de cicatrizes de procedimentos anteriores;
  • problemas com a nutrição da criança;
  • carência de algumas vitaminas, especialmente a D;
  • uso de alguns medicamentos.

É fundamental que a criança seja avaliada por um dentista para descobrir a razão para esse problema. Muitas vezes, a avaliação também é feita com um pediatra, a fim de descartar causas médicas para essa demora na eclosão dos dentinhos permanentes.

Quais são os cuidados com os dentes permanentes?

A queda dos dentes de leite e o nascimento dos dentes permanentes é um marco importante na saúde bucal da criança. A educação sobre o assunto deve começar desde cedo. Ainda com os dentes de leite, é fundamental que o seu filho entenda a importância dos cuidados com os dentes.

É imprescindível que os pais estejam atentos à qualidade da escovação e ao uso do fio dental, sempre incentivando bons hábitos na rotina de cuidado dos pequenos.

Além disso, fazer visitas regulares ao dentista é de extrema importância, já que o profissional poderá avaliar como estão os cuidados em casa e oferecer orientações preventivas, se necessário.

É importante que a criança tenha em mente que os dentes permanentes vão acompanhá-la por toda a vida. Atentar-se ao consumo exagerado de alimentos com açúcar é necessário. Isso não significa proibir a criança de consumir tais alimentos, mas orientar e explicar os efeitos que a alimentação causa não só na saúde bucal, mas na saúde do corpo, de uma forma geral.

Preciso levar meu filho ao dentista?

O hábito de visitar o dentista deve começar desde cedo. De forma geral, a orientação é que, por volta dos 6 ou 7 meses de vida, antes de surgirem os primeiros dentes, a criança já visite um odontopediatra.

O profissional vai conhecer os pais e o paciente, e poderá dar todas as orientações com relação ao surgimento dos primeiros dentes, além de recomendar os cuidados que devem ser tomados com a higiene bucal do bebê.

Assim que surgirem os primeiros dentes, a tendência é que o profissional oriente os pais com relação à criação de uma rotina de cuidado e de visitas frequentes, que podem ser semestrais ou anuais — isso depende da metodologia do profissional.

Ao surgir o primeiro sinal de amolecimento dos dentes, a criança já deve ter confiança e estar acostumada a visitar o dentista. Assim, apenas se o pequeno sentir algum desconforto ou dificuldade para comer durante o período até a queda dos dentes de leite, será necessário visitar o dentista especializado em odontopediatria.

O profissional, além de explicar todo o processo, pode tranquilizar a criança e aplicar anestésicos para a retirada do dente.

Também é importante levar seu filho ao odontopediatra se os dentes estiverem demorando muito tempo para cair ou se os dentes permanentes já começarem a surgir, mesmo antes da queda dos de leite. Além disso, a orientação profissional será sempre útil em todas as fases de desenvolvimento da criança.

Na Odontoclinic, contamos com muitos profissionais especializados em odontopediatria, que estão prontos para cuidar da saúde bucal infantil com excelência. Prezamos pelo cuidado e pela criação de hábitos saudáveis, por isso, recomendamos que os pais levem seus filhos ao dentista desde cedo. Prezar pelo cuidado e pelo desenvolvimento saudável da criança é responsabilidade dos pais.

Gostou deste artigo sobre como tirar dentes de leite do jeito certo? Então, aproveite para seguir a Odontoclinic nas redes sociais e ficar por dentro de outras dicas como as que listamos aqui! Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube

[e-book] Guia da saúde bucal para crianças: veja os cuidados para todas as fases
Posts relacionados

Deixe um comentário