Conheça os diferentes tipos de coroa dentária

Que tal conhecer os tipos de coroa dentária e ficar por dentro dos benefícios e das funções desse tratamento odontológico? Saiba mais! 

É necessário ter cuidados diários com higienização e uso de fio dental para manter a beleza e a funcionalidade do seu sorriso, além de se atentar ao surgimento de qualquer sintoma que indique problemas. Neste artigo, você vai entender mais sobre os tipos de coroa dentária e quando elas são utilizadas.

A coroa dentária é o molde de um dente colocado sobre o dente original do paciente, com o objetivo de recuperar forma, tamanho e resistência originais. Além de melhorar o aspecto, a coroa favorece a saúde e a qualidade de vida da pessoa.

Quer conhecer os diferentes tipos de coroa dentária, as vantagens e desvantagens de cada um, e entender sua importância estética e funcional? Continue a leitura!

Qual é a função da coroa dentária?

A coroa dentária é um mecanismo de tratamento dentário utilizado para cobrir parcial ou totalmente a coroa de um dente original danificado. Além de trazer mais resistência, ela pode ser indicada para melhorar a aparência, o alinhamento ou o formato do dente no arco.

O uso da coroa dentária só pode ser feito após a avaliação de um profissional da área de odontologia — que vai analisar as particularidades do paciente e orientar com relação aos procedimentos e cuidados a serem tomados na manutenção da saúde bucal.

Quais são os principais tipos de coroa dentária?

Agora que você já viu a função desse procedimento, deve estar pensando: afinal, quais são os tipos de coroa dentária? A seguir, falamos um pouco mais sobre cada uma destas opções: coroa provisória, coroa dentária de resina, coroa de metal, coroa dental de zircônia e coroa dental de porcelana. Confira quais são as características e o uso de cada tipo!

Provisória

As coroas provisórias, conforme o próprio nome sugere, são coroas não permanentes. Geralmente feitas no consultório do dentista, elas são produzidas com acrílico e aço inoxidável, sendo utilizadas como uma solução provisória, até a produção da coroa permanente.

As coroas permanentes são feitas em laboratórios de prótese dentária, por isso, em muitos casos, o paciente deve usar a coroa provisória enquanto aguarda a definitiva ficar pronta.

Resina

A coroa de resina é o modelo mais barato disponível no mercado. Pode ser uma solução interessante para quem não dispõe dos recursos para adquirir outro modelo de coroa dentária.

Ao longo do tempo, esse modelo tende a desgastar e precisar de substituição. A dica é que você converse com o seu dentista para avaliar as opções disponíveis e qual delas atende melhor às suas necessidades.

Metal

As coroas dentárias de metal podem ser construídas com uma liga de níquel, ouro, crômio, paládio, entre outros metais. A vantagem é que geralmente é necessário remover uma estrutura menor do dente. O desgaste também é menor com o passar dos anos. O lado negativo é a cor da coroa, pois causa um impacto estético que a diferencia dos dentes originais.

As coroas de metal são mais indicadas para os molares, pois são dentes que não ficam tão aparentes. Aqui, a dica é a mesma do tipo anterior: converse com o seu dentista para avaliar as opções disponíveis e qual delas atende melhor às suas necessidades.

Zircônia

As coroas de zircônia conseguem aliar estética e resistência. Entre as principais características desse modelo está o fato de que não existe a presença de qualquer metal na sua estrutura. Desse modo, a cor fica muito semelhante à do dente natural.

Outra vantagem é que a zircônia não está associada ao surgimento de manchas acinzentadas próximas à gengiva, e há mínimas chances de alergias. A única desvantagem é o custo mais elevado — em comparação a outras opções disponíveis no mercado.

Porcelana

Outro modelo de coroa dentária muito popular entre os dentistas é a coroa de porcelana. Ela é indicada quando o paciente quer restaurar completamente a estética original do dente.

Se a restauração é feita em um dente aparente, a coroa de porcelana é considerada a melhor escolha. O material é muito parecido com o dente natural, tornando-o esteticamente vantajoso em relação aos demais tipos de coroa dentária.

Vale destacar que, nos dentes muito escuros, ela pode não cair muito bem, porque o material é transparente e a parte escura dos dentes vai ficar em evidência, atrapalhando o resultado estético.

A coroa dentária é indicada, principalmente, para os pacientes que sofreram fraturas nos dentes, realizaram restauração por tratamento de canal ou fizeram reconstruções por danos causados pela cárie.

Quais são os benefícios da coroa dentária?

Agora que já você já conhece os principais tipos de coroa dentária, é hora de identificar as vantagens de investir nesse tipo de estratégia para cuidar do seu sorriso. Confira alguns benefícios a seguir!

É esteticamente agradável

Um dos grandes temores de muita gente é a realização de um procedimento que apresente um resultado negativo aos olhos ou “deixe na cara” que algo foi feito por ali. A boa notícia é que isso não acontece quando o assunto é coroa dentária!

Esse é um procedimento delicado e com resultado esteticamente agradável. Os materiais estão cada vez mais sutis e ajudam na recuperação do sorriso de maneira natural, sem grandes percepções visuais.

Melhora o formato e o alinhamento

A função dos dentes, no entanto, vai muito além da estética. Eles também são essenciais para uma das primeiras fases do processo de nutrição: a mastigação. A partir dela, se inicia o processo de transformação dos alimentos nos nutrientes que serão usados pelas nossas células para nos manter vivos.

Sendo assim, alterações mastigatórias são um verdadeiro perigo para a saúde. Com a colocação de uma coroa, fica muito mais fácil evitar esses problemas e ter uma mastigação eficiente, sem dores e desconfortos.

É durável

Outra vantagem desse tipo de procedimento é a durabilidade dos materiais utilizados. Muitos podem durar uma década tranquilamente, algo que reduz consideravelmente o gasto com manutenções e refações do trabalho.

Vale lembrar que é preciso cuidar das coroas para evitar que elas se danifiquem, tanto no pós-procedimento imediato, quanto no longo prazo.

Restaura a autoestima 

Por fim, uma das vantagens desse procedimento é a recuperação da autoestima a partir da confiança para sorrir e se comunicar adequadamente com as pessoas.

A qualidade de vida também é obtida a partir da redução de dores e, é claro, da possibilidade do surgimento de problemas como cáries e periodontite, que podem gerar halitose (mau hálito) e piorar ainda mais o quadro de insegurança do paciente.

Que cuidados são necessários com a coroa dentária? 

Logo após a colocação da coroa dentária, o seu dentista passará uma série de informações, que devem ser seguidas à risca ao longo da sua recuperação. Isso evitará qualquer tipo de problema com o procedimento e garantirá uma melhora muito mais rápida!

Um dos principais cuidados é evitar a mastigação, especialmente na região da coroa. Uma dieta líquida ou pastosa pode ser solicitada por uns dias. Depois disso, evite mastigar do lado que a coroa foi colocada pelo período orientado pelo profissional.

O dentista também pode pedir que você evite o uso de fio dental naquela região e que tome alguns medicamentos, a fim de evitar dores leves e qualquer tipo de desconforto.

Além disso, temos os cuidados no longo prazo, que envolvem apenas a manutenção de uma boa higiene bucal — ou seja, vida normal depois de alguns dias!

Por que é importante seguir as orientações do seu dentista?

A sua saúde dental depende de diversos fatores, entre eles, uma boa higiene dental e visitas frequentes ao dentista. Durante as visitas de rotina, além de realizar uma limpeza profissional, o dentista pode avaliar a necessidade de qualquer tipo de intervenção ou tratamento preventivo, a fim de evitar danos graves aos seus dentes.

Se o seu tratamento odontológico prevê o uso de uma coroa dentária, a escolha do melhor tipo deve ser feita juntamente ao seu dentista. O profissional levará em conta as particularidades do seu tratamento e estará apto a auxiliar na escolha do modelo mais adequado às suas necessidades e perspectivas.

A dica é: visite regularmente seu dentista e tire todas as dúvidas sobre os tipos de coroa dentária com o profissional que acompanha a sua saúde bucal. Ele é a melhor pessoa para ajudar na manutenção dos seus dentes e estabelecer os melhores tratamentos para garantir o seu bem-estar e a sua qualidade de vida.

Além disso, hábitos como fumar e ingerir álcool frequentemente contribuem com alterações bucais, aumentando o risco de desenvolver problemas de saúde. Adotar uma rotina saudável para cuidar do corpo também ajuda a manter a saúde da sua boca em dia.

Se você ainda não tem um dentista, procure por um profissional com conhecimento técnico e que tenha condições de oferecer um atendimento de boa qualidade.

Gostou de conhecer os tipos de coroa dentária? Então, aproveite para entrar em contato conosco e agende uma avaliação com um dos nossos profissionais. Assim, você terá acesso aos melhores tratamentos do mercado!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
Feridas no céu da boca? Leia o post para saber o que pode ser, quais são as principais causas e o que fazer!
Dente infeccionado ou inflamado? O que fazer se o dente estiver inflamado? Leia o post e tire suas dúvidas!
Piercing no smile é aquele que aparece quando a pessoa sorri, mas será que ele faz mal para os dentes? Tire suas dúvidas!