Tudo que você precisa saber sobre alinhador dental transparente!

15 minutos para ler
agendamento

No passado, o tratamento ortodôntico era sinônimo de colocar aparelho metálico na adolescência, usar borrachas coloridas, elásticos e outros aparatos para conquistar um sorriso perfeito — o que poderia levar anos de tratamento.

Com o passar dos anos e muitos estudos depois, novas técnicas foram desenvolvidas. São diversos tratamentos disponíveis para tratar os problemas relacionados à falta de alinhamento, falhas na mordida, mandíbula e outras questões que recebem a atenção da ortodontia.

O aparelho tradicional metálico ainda é utilizado e evoluiu para o uso do aparelho estético, com peças transparentes. Entretanto, nos últimos tempos, surgiu uma alternativa ainda mais discreta: o alinhador dental transparente.

Este artigo traz informações sobre o seu funcionamento, os principais problemas corrigidos pelo Alinhador Transparente Odontoclinic, os seus benefícios, as indicações de uso e muito mais! Acompanhe!

Como funciona o alinhador dental transparente?

No geral, o alinhador dental transparente consiste no uso de uma espécie de placa bastante fina, parecido com os moldes utilizados nos tratamentos de clareamento dental. Por esse motivo, são removíveis e trocados em intervalos de 14 dias, conforme a arcada dentária vai se modificando durante o uso.

Para que isso seja possível, no entanto, são realizados modelos virtuais dos dentes e das mandíbulas, considerando o posicionamento atual dos dentes, a movimentação realizada ao longo do tratamento e o objetivo final de todo o processo, estabelecido ainda na avaliação.

O processo é feito da seguinte forma: um scanner, semelhante a uma caneta com câmera, realiza o escaneamento digital dos dentes. A partir deste exame, o dentista consegue ver quantas placas são necessárias e quais dentes serão movimentados em cada etapa do tratamento.

Sendo assim, número de alinhadores usados durante o tratamento varia de acordo com a necessidade de cada paciente, da complexidade da mordida e da resistência aos movimentos que o osso da mandíbula apresenta. Consequentemente, o tempo do tratamento também irá variar.

Entendendo o movimento dos dentes a partir do uso do alinhador

Os alinhadores são projetados para fazer pequenos movimentos, colocando uma leve pressão sobre os dentes, da raiz para a mandíbula. Para que os dentes se movam de acordo com o esperado, é necessário utilizar a placa de 20 a 22 horas diárias — tempo que pode variar dependendo da orientação do dentista.

A rotação dos dentes não acontece apenas com o uso da placa. São fixados alguns pontos de pressão, da cor dos dentes, que ajudam a mover a arcada durante o tratamento. Em alguns casos, também é necessário empregar o uso de elásticos.

Como colocar e retirar o alinhador?

Embora as placas usadas no alinhador dental sejam semelhantes ao processo de clareamento, estamos falando de um tratamento ortodôntico. Isso significa que o encaixe não é anatômico, pois, o objetivo é justamente mover a arcada dentária. Por esse motivo, existem alguns macetes para colocar e retirar o aparelho.

Colocando o alinhador

Tanto faz começar a colocar o alinhador pela placa inferior ou superior. O importante é pressionar delicadamente nos dentes da frente, e seguir apertando com a mesma força e delicadeza até encaixar nos últimos dentes.

É importante não morder as peças para encaixá-las, pois, podem danificar as placas. Para isso, o paciente recebe uma espécie de goma, para que possa ajustar o alinhador na boca com segurança: ao morder essa goma, o paciente ajusta o alinhador até o completo encaixe.

Removendo o alinhador

Para remover, deve-se fazer o caminho contrário. O paciente escolhe um dos lados e com a ponta dos dedos, aplica uma leve pressão nos últimos dentes, empurrando as placas para cima. Sempre pela parte interna da boca, nunca próximo a gengiva.

Depois, o procedimento é feito do outro lado. Tudo deve ser realizado ao toque das mãos, sem o uso de objetivos afiados.

Após a retirada, o aparelho deve ser imediatamente enxaguado em água corrente e guardado no estojo de proteção depois de retirado o excesso de água. 

Outro ponto que merece destaque é o fato que o indivíduo pode sentir que os dentes estão amolecendo ou prestes a cair. A sensação é normal, sinal de que a movimentação esperada pelo dentista está realmente acontecendo.

Quais são os tipos de tratamento?

Assim como o aparelho tradicional metálico, o uso do alinhador dental também deve ser adequado ao paciente, considerando sua faixa-etária e os problemas envolvidos. Conheça alguns tipos.

Tratamento Light

Geralmente, os serviços acompanhados da palavra light tem uma característica em comum: são de rápida duração. Não seria diferente com os tratamentos ortodônticos.

Após as investigações do ortodontista, as necessidades do paciente podem ser consideradas relativamente leves. Com isso, o indivíduo é submetido a um tratamento rápido, com poucos meses de duração.

Geralmente, os tipos de problemas tratados em pouco tempo incluem:

  • pequeno desalinhamento dos dentes da frente;
  • pequenos espaçamentos entre os dentes;
  • problemas que não foram corrigidos em procedimentos ortodônticos anteriores.

Tratamento Full

O tratamento Full tem um tempo de duração maior que o express, pois é capaz de corrigir um número maior de problemas relacionados ao alinhamento dos dentes — incluindo os casos relativamente complexos.

Além de trocar as placas, é necessário cumprir um cronograma de manutenção, com visitas regulares ao dentista. O profissional usará essas consultas para verificar o andamento do tratamento e fornecer ao paciente o próximo conjunto de placas.

Para acelerar o tempo de conclusão do tratamento, o ortodontista pode recomendar a adição de pequenos acessórios, que dão uma força extra em certas áreas.

Vale destacar que, nesse tratamento, as consultas acontecem 1 vez ao mês. O dentista entrega a quantidade de placas para esse período, até a próxima visita.

Quais são os benefícios?

O alinhador dental está cada vez mais popular. Dezenas de celebridades e influencers são vistas usando o produto e expondo suas vantagens. Conheça agora os principais benefícios para pacientes adultos e adolescentes.

Estética

Diferentemente do aparelho convencional metálico, o alinhador transparente passa despercebido na maior parte do tempo.

É preciso olhar com muita atenção para os dentes e assim notar o seu uso. Essa é uma das principais razões que influenciam os adultos a escolherem esse tipo de tratamento.

Conforto

Uma das vantagens dos alinhadores transparentes é que eles são muito mais confortáveis ​​do que o aparelho convencional.

Isso não significa que o alinhador não cause um mínimo de dor ou desconforto, mas o nível é bem menor que os aparelhos tradicionais: duram no máximo 3 dias após a troca das placas.

Além disso, evita cortes nas bochechas, lábios ou língua, proporcionando uma experiência muito mais agradável.

Higienização

O fato de o alinhador transparente permitir a retirada facilita a higienização de dentes e gengivas. Basta retirar o acessório, escovar os dentes e passar fio dental normalmente. Dessa forma, é possível evitar o desenvolvimento de cáries e outras doenças bucais que levam às complicações graves.

Remoção

O fato de ser removível facilita não apenas a higienização, como permite que o paciente continue a ingerir seus alimentos preferidos, cujo uso do aparelho tradicional pode interferir na mastigação. Como, por exemplo:

  • alimentos grudentos, como caramelos e doces;
  • alimentos mais sólidos, como frutas e vegetais;
  • cenoura e espiga de milho;
  • balas, como a goma de mascar;
  • nozes, pipocas, pretzels e outros alimentos duros.

Rapidez

O uso do alinhador transparente pode significar um tratamento de correção mais rápido que o aparelho metálico convencional. Isso é altamente útil para a rotina atual.

Como a troca é programada para cada 15 dias e são usados softwares para orientar todo o tratamento, o atraso é uma questão mais relacionada ao uso incorreto por parte do paciente que ao tratamento em si.

Quais as indicações?

Quando se trata de corrigir problemas ortodônticos, é necessário visitar o dentista e realizar exames para verificar se o uso do alinhador transparente é a opção mais adequada para o paciente.

Veja alguns possíveis tratamentos:

  • dentes tortos — se o problema é apenas uma questão de estética, o alinhador pode ajudar a endireitar o sorriso;
  • dentes apinhados — a falta de espaço na mandíbula, pode fazer com que os dentes se sobreponham. Nesse caso, a correção vai além da estética: a falta de espaço e a sobreposição dos dentes facilita o acúmulo de tártaro e placa, contribuindo para o aparecimento de cáries e doença periodontal;
  • mordida aberta — a mordida aberta é outro problema que vai além da estética. Nesse caso, os dentes superiores e inferiores não encostam, o que dificulta a mastigação e a dicção;
  • excesso de espaço entre os dentes — o espaço entre dois ou mais dentes, também chamado de diastema, facilita o acúmulo de alimentos entre os dentes e as gengivas, causando dor, desconforto e facilitando doenças nas gengivas;
  • sobremordida — caracteriza-se pelos dentes frontais superiores que se sobrepõem aos dentes inferiores;
  • mordida cruzada — quando não há um encaixe na mordida, mas também não segue um padrão como no caso da mordida aberta ou da sobremordida. 

Como potencializar os efeitos do tratamento?

Uma das características do alinhador dental transparente é que o paciente não precisa ir ao ortodontista fazer a manutenção periódica. Como todos os alinhadores são previamente fabricados, é possível fazer a troca da placa por conta própria.

Ao mesmo tempo em que reduz o número de visitas necessárias para completar o tratamento, essa autonomia também exige que o paciente seja disciplinado quanto ao uso correto do alinhador. Veja abaixo os detalhes sobre os procedimentos adequados.

Use o estojo de armazenamento fornecido

O alinhador deve ser removido para comer, beber e escovar os dentes. Por isso, é muito importante que o paciente leve consigo o estojo de armazenamento recebido no consultório do dentista por onde for. Do contrário, pode perder a placa e atrasar todo o tratamento.

Além disso, esse estojo permite que o aparelho seja armazenado com segurança, protegido contra choques e balanços. Ou seja, os riscos de embrulhar o alinhador em um lenço ou colocá-lo direto na bolsa não estão relacionados apenas à perda, mas também podem danificar permanentemente a placa.

Siga as instruções de limpeza recomendadas pelo dentista

Não basta cuidar da higienização dos dentes, é necessário ter atenção à limpeza das placas. Quando os pacientes não seguem as orientações do dentista, facilitam o acúmulo de bactérias no alinhador.

Quando isso acontece, o aparelho transfere essas bactérias para os dentes e as gengivas, causando problemas graves na saúde bucal do paciente. Portanto, é altamente necessário que todas as orientações sejam seguidas adequadamente.

Há outros tipos de aparelhos estéticos?

Em relação à estética e discrição, o alinhador dental não é o único aparelho transparente do mercado. Conheça outras opções.

Aparelho convencional de porcelana ou safira

Esse modelo de aparelho também usam braquetes e fios para endireitar os dentes, assim como os aparelhos tradicionais. No entanto, as peças são confeccionadas em material translúcido, fazendo com que essa opção seja mais discreta que os fios metálicos, gerando mais um benefício.

Como é o pós-tratamento?

Após o uso de todos os alinhadores programados pelo profissional, chega a hora mais esperada pelo paciente: o fim do tratamento.

No caso do uso do alinhador transparente, o paciente consegue acompanhar a mudança da arcada dentária, já que a placa é retirada constantemente. Mesmo assim, ver o resultado permanente é gratificante.

Como os dentes podem voltar a rotacionar — e isso acontece com qualquer tratamento ortodôntico, independentemente do tipo de aparelho utilizado — o profissional insere uma contenção fixa, um ferrinho que fica localizado atrás dos dentes inferiores.

Os pacientes também podem receber uma placa para usar durante a noite, que além de frear essas mudanças, ajudam no controle do bruxismo.

Sobre o alinhador dental Odontoclinic

O Alinhador Transparente Odontoclinic foi especialmente desenvolvido pela Odontoclinic, especialista em tratamentos odontológicos que desde 2008 está transformando o sorriso e a saúde bucal dos brasileiros.

Foram centenas de estudos realizados até escolher a tecnologia ideal para desenvolver o melhor tratamento aos pacientes da Odontoclinic. Confira as principais vantagens.

Agilidade no tratamento

O software usado para a produção das placas promove a agilidade no tratamento. Para que fiquem prontas, o paciente espera no máximo 45 dias — metade do tempo levado pelas marcas concorrentes.

Baixo custo

O valor do tratamento realizado com o Alinhador Transparente Odontoclinic pode custar até 30% a menos do que as outras opções do mercado.

Fabricação nacional

O alinhador dental transparente fornecido pela Odontoclinic é fabricado no Brasil. A tecnologia utilizada é norte-americana, no entanto, a produção das plaquinhas é nacional. É por isso que você começa o tratamento mais rápido.

Qualidade Odontoclinic

Ao optar pelo tratamento ortodôntico com os Alinhadores Transparentes Odontoclinic, o paciente está adquirindo um produto de qualidade, com a melhor rede de clínicas odontológicas do Brasil.

O que envolve o processo para iniciar o uso do alinhador dental?

alinhador dental

Para iniciar o processo de alinhamento dos dentes usando o sistema de alinhamento de dentes Odontoclinic, os pacientes devem marcar uma avaliação odontológica para discutir todos os fatores relevantes ao tratamento, incluindo indicações, objetivos, documentação e as taxas cobradas para confecção e manutenção.

Quanto mais bem preparado o paciente estiver em relação às informações sobre o uso do aparelho, maiores serão as chances de realizar um tratamento tranquilo e sair satisfeito. Isso porque o indivíduo pode tirar todas as suas dúvidas antes de iniciar o processo, avaliando se o investimento vale a pena para o seu caso.

Sendo assim, durante a consulta inicial, tanto o paciente quanto o dentista aproveitam para fazer todas as perguntas necessárias para iniciar o tratamento. O profissional deve avaliar o histórico clínico do interessado no uso do alinhador, os dentes, a mandíbula e o maxilar do paciente.

Além de verificar se o paciente é um candidato ao tratamento com o alinhador, ele também verificar se há outros problemas que precisam ser tratados antes de iniciar o processo. Por exemplo, cáries ou até mesmo a extração de algum dente.

O profissional também ouve as expectativas do paciente após o tratamento, explicando os resultados que podem ser alcançados ao final do processo.

O objetivo é realizar uma análise profunda da posição atual dos dentes, da estrutura da face e outras informações que devem ser inseridas no software para a confecção das placas. Lembrando que, para que os alinhadores possam ser fabricados, é necessário que o paciente passe pelo escaneamento digital — que citamos no início desse texto — em uma clínica credenciada.

Assim que os alinhadores forem fabricados, o tratamento pode ser de fato iniciado. O tempo de tratamento vai depender das necessidades do paciente. Em geral, pode durar de 6 meses a 1 ano e meio.

Há contraindicações para o uso do alinhador?

Em termos de faixa etária, os pacientes adolescentes e adultos são candidatos adequados para o tratamento com alinhador dental. As contraindicações ficam por conta dos dentes de leite, pontes móveis, próteses dentárias ou doenças periodontais e gengivais graves — o que também não é indicado no uso do aparelho convencional. 

O uso de alinhador dental transparente também pode não ser recomendado para os casos em que o apinhamento dos dentes é resultado de uma mandíbula pequena ou algum problema ainda mais complexo. Dessa forma, necessitam um plano de tratamento mais abrangente, com uso de aparelho tradicional e, em alguns casos, intervenção cirúrgica.

Chegamos ao final do nosso artigo! Ficou claro para você o quanto o uso de alinhadores transparentes tem sido eficaz para o tratamento de dentes tortos e outros problemas bucais a mais de um século? Com as informações apresentadas por aqui, esperamos que sim.

Nos últimos anos, o crescente interesse em técnicas ortodônticas mais confortáveis e discretas impulsionou o trabalho dos profissionais que trabalham com a saúde bucal. Nesse processo, os alinhadores foram desenvolvidos e se popularizaram, facilitando muito os resultados obtidos pelos tratamentos dessa categoria.

O tratamento é tão eficaz quanto os aparelhos convencionais. A diferença — e grande vantagem — é que pode ser concluído com rapidez e máxima discrição, já que as placas são quase que invisíveis.

Aqui, você aprendeu mais sobre o alinhador dental e de que forma ele funciona, endireitando os dentes e apresentando bons resultados. Mesmo tão diferente dos aparelhos ortodônticos tradicionais, eles ainda podem ser tão eficientes quanto — até mais, dependendo do contexto.

A Odontoclinic está há mais de 23 anos oferecendo tratamentos odontológicos modernos e de qualidade, em 16 estados brasileiros. Entre em contato conosco agora mesmo e agende uma avaliação.

Aparelho na vida adulta: o guia completo e as principais dúvidas
Posts relacionados

Deixe um comentário