Cárie inicial: entenda os estágios da cárie e como tratá-los 

Você já ouviu falar em cárie inicial? As cáries se apresentam em diferentes fases que pedem diferentes cuidados. Se você percebeu alguma alteração na coloração e na aparência do seu dente, é fundamental entender do que se trata para cuidar logo e não deixar o problema progredir.

Pensando nisso, explicaremos nesse conteúdo o que é a cárie em fase inicial, o que é cárie de mamadeira, quais são os primeiros sinais, como tratar cáries no primeiro estágio e quais são as melhores práticas para preveni-las e manter a saúde bucal em dia. Quer saber mais? Vem com a gente!  

Como é a cárie inicial?

A cárie inicial é aquela cuja formação de placa bacteriana causa áreas opacas e esbranquiçadas nos dentes, devido a falta de cálcio. Há diferentes tipos de cáries, de acordo com a localização da lesão na estrutura dentária. Além disso, há quem categorize também em cárie inicial e cárie profunda. 

Cárie de mamadeira

A cárie de mamadeira ocorre na dentição de bebês em fase de amamentação. Também chamada de cárie precoce da infância, esse tipo de cárie dá nos dentes de leite e é resultado de uma ingestão alta de açúcar que, em contato com outras substâncias na boca, corrói o esmalte dos dentes, abrindo caminho para lesões mais profundas. 

Como perceber a cárie inicial?

Para identificar a cárie dentária em estágio inicial, procure pelas manchas brancas e opacas. Vale lembrar que nem toda mancha branca no dente é cárie em fase inicial, por isso é importante ter o acompanhamento do dentista para identificar a cárie no início e indicar o tratamento necessário de acordo com a fase. 

Qual o tratamento para cárie?

O tratamento para cárie quando está no começo é baseado na melhoria da higiene oral. Em alguns casos, o dentista pode também recomendar o uso de produtos com flúor, a fim de combater a formação de placa bacteriana e paralisar a perda dos minerais do esmalte dentário, remineralizando o dente. 

O dente com cárie inicial não precisa de restauração. A restauração é feita quando o dente está lesionado pela cárie mais significativamente, mas ainda não está comprometendo a raiz. Nesse caso, o cirurgião-dentista remove a parte danificada do dente e aplica uma resina para selar a região.

O que fazer para evitar cárie?

Para prevenir as cáries, você deve adotar praticamente o mesmo comportamento indicado pelo dentista para tratar o dente com cárie inicial, caprichando bastante na higiene bucal. Veja a seguir a nossa lista de dicas para evitar cáries:

  • troque sua escova de dente regularmente;
  • use fio dental;
  • sempre escove os dentes após comer;
  • tome bastante água;
  • evite o uso de álcool e tabaco;
  • sempre escove os dentes antes de dormir;
  • vá ao dentista regularmente.

A cárie inicial é um problema muito comum e pode afetar pessoas de todas as idades, desde bebês até idosos. Por isso, é muito importante prestar atenção em todos os sinais e sintomas, sempre cuidando da saúde bucal e contando com o acompanhamento do seu dentista.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a fase inicial das cáries, que tal entender o que acontece quando o dente está muito cariado? Preparamos um conteúdo para você explicando as principais causas e quais são as formas de tratar dente podre: leia e saiba mais! 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
O atestado odontológico é válido para abonar faltas? Quantos dias? E horas? Esclareça suas dúvidas nesse post!
Feridas no céu da boca? Leia o post para saber o que pode ser, quais são as principais causas e o que fazer!
Dente infeccionado ou inflamado? O que fazer se o dente estiver inflamado? Leia o post e tire suas dúvidas!