Quais os cuidados pós-clareamento dental que você deve tomar?

6 minutos para ler

A aparência e o cuidado com os dentes é uma preocupação dos brasileiros. No país, a procura por tratamentos que aliam odontologia e estética bucal cresce ano após ano. Um dos tratamentos mais procurados nas clínicas odontológicas é o clareamento dental.

Sabemos que, mesmo que você tenha todos os cuidados com a higiene bucal, escove bem os seus dentes após as refeições, utilize fio dental e enxaguante bucal, pode sofrer com o amarelamento dos dentes. Esse problema pode surgir até depois de já ter realizado um tratamento.

Ter dentes brancos e bonitos faz bem para a autoestima e também para a saúde. Por isso, neste artigo, você vai descobrir como é feito o procedimento, o que você deve fazer antes dele e quais são os cuidados pós-clareamento. Tudo isso fará toda a diferença para manter os seus dentes brancos.

Fico curioso? Então, continue a leitura e descubra como deixar os seus dentes brancos por mais tempo após a realização do clareamento!

Como é feito o clareamento dental?

O clareamento dentário consiste em um tratamento estético odontológico, no qual é realizada a aplicação de um gel. A substância é capaz de clarear dentes naturais que foram pigmentados ao longo do tempo.

Existem diferentes tipos de clareamento dental. Por isso, antes de escolher a modalidade de tratamento, é importante avaliar, com o seu dentista, as indicações de cada um e qual deles melhor se adapta às particularidades de cada paciente.

No caso do clareamento caseiro, por exemplo, o paciente utiliza um gel com baixa concentração do produto clareador e moldeiras fornecidas pelo dentista. O procedimento é realizado em casa, mas é imprescindível o acompanhamento profissional durante o tratamento.

No clareamento a laser, é aplicado o mesmo tipo de gel utilizado no tratamento caseiro com moldeira. A diferença é que a concentração do produto clareador é muito maior e a aplicação do laser permite resultados imediatos.

Vale ressaltar que, em qualquer um dos tratamentos, caso o paciente tenha dentes restaurados, será necessário realizar a troca da resina para que a coloração fique harmônica. O clareamento não funciona em implantes e resinas.

O que você deve fazer antes do clareamento?

O principal cuidado pré-clareamento é a consulta com o dentista. O profissional vai fazer uma avaliação da sua saúde bucal, verificar se você está com cáries ou se tem qualquer problema na gengiva e em toda a cavidade bucal.

Caso seja diagnosticado qualquer tipo de problema, será necessário fazer o tratamento para, só depois, dar início ao processo de clareamento.

Quais os cuidados pós-clareamento?

Os resultados do clareamento dependem muito de um paciente para o outro, mas os cuidados pós-tratamento devem ser observados por todos. Afinal, interferem diretamente na duração do clareamento em longo prazo.

A dica dos profissionais é que os pacientes estejam atentos aos seus hábitos de higiene e alimentação. Confira, a seguir, as recomendações dos nossos dentistas para pacientes que fazem clareamento.

Escovar os dentes

cuidados pós-clareamento

O primeiro cuidado está relacionado à higiene bucal. A escovação dos dentes após as refeições vai fazer muita diferença na manutenção dos seus dentes brancos. Por isso, mantenha uma rotina de cuidado diário que inclua escovação, uso de fio dental e enxaguante bucal.

Evitar alimentos pigmentados

Alimentos pigmentados, como café, refrigerante, vinho e suco de uva, são inimigos do clareamento dental. É na alimentação que encontramos a principal causa para o amarelamento dos dentes.

Por isso, após o seu clareamento, evite alimentos altamente pigmentados e, caso opte pelo consumo, procure escovar os dentes imediatamente após a refeição. Em caso de dúvidas sobre os alimentos menos indicados, converse com o seu dentista. Ele poderá informar quais são os mais prejudiciais para a cor dos dentes.

Não fumar

O cigarro é um vilão dos dentes e não só para a questão estética, mas também, para a saúde bucal e do corpo, como um todo. Responsáveis por diversas doenças, a nicotina e o alcatrão, substâncias presentes no cigarro, acumulam-se na superfície dos dentes, o que acaba favorecendo uma aparência mais escurecida.

Inclusive, doenças como o câncer de boca estão diretamente relacionadas ao consumo do produto. Além disso, a nicotina e o alcatrão contribuem para o acúmulo de tártaro na região, acelerando o surgimento de problemas como mau hálito e inflamações gengivais.

Visitar o dentista regularmente

Não basta se preocupar apenas com a sua estética bucal: a sua saúde também deve ser levada em consideração. Você deve estar ciente de que a saúde dos seus dentes só vai estar realmente completa com visitas regulares ao dentista.

Para manter os seus dentes brancos e saudáveis, o profissional poderá dar dicas de escovação, indicar produtos auxiliares e, até mesmo, tratar de doenças que você pode ter e não saber. As cáries, por exemplo, são silenciosas e, em alguns casos, só apresentam sintomas quando o paciente já está com o problema mais avançado.

A frequência das visitas vai depender das particularidades de cada paciente e dos seus hábitos de higiene. Em linhas gerais, pessoas saudáveis devem consultar o dentista pelo menos a cada seis meses.

Além de fazer a limpeza nos dentes, o seu dentista poderá orientar com relação a eventuais problemas e atuar de forma preventiva. Assim, elimina o risco de que o paciente tenha problemas mais sérios e contribuindo para que a o clareamento dure mais tempo.

Como você pode ver, o clareamento dental é um tratamento muito popular realizado por milhares de brasileiros todos os anos. Trata-se de um procedimento simples e que pode ser feito por qualquer adulto que esteja com a saúde bucal em dia.

Para preservar o clareamento por mais tempo, é importante manter a escovação em dia, visitar o dentista regularmente e evitar o consumo de cigarro e alimentos altamente pigmentados.

Vale destacar que o clareamento dos dentes deve ser feito com um profissional da área de odontologia. O tratamento sem acompanhamento oferece riscos para a saúde, principalmente se o paciente tiver um problema sem diagnóstico.

Você gostou deste artigo sobre cuidados pós-clareamento dental? Então, aproveite para conferir os tipos de clareamento mais comuns e dicas sobre as melhores opções.

Posts relacionados