Descubra qual clareamento dental é o melhor para ter um sorriso branco!

6 minutos para ler

Mesmo cumprindo com todas as recomendações de higiene bucal, como escovar bem os dentes após a alimentação, utilizar fio dental e enxaguante bucal, existem diferentes fatores que fazem com que os dentes fiquem amarelados. Por isso, é grande a procura nos consultórios dentários para identificar entre os métodos de clareamento dental, qual o melhor tratamento para deixá-los brancos e bonitos.

Afinal, quem não gosta de exibir um sorriso saudável, não é mesmo? Ter dentes bonitos faz bem para a autoestima e também para a saúde. Entretanto, com o avanço da tecnologia e o surgimento de novas técnicas, também existem dúvidas sobre qual é a melhor alternativa para obter um resultado rápido e eficiente.

A seguir, mostramos quais fatores causam os dentes amarelados e quais as formas de tratamento possíveis para conquistar os dentes dos sonhos. Continue a leitura para saber mais!

Mudança de cor dos dentes: quais as causas?

Os dentes amarelados causam problemas de autoestima, pois essa é uma característica que afeta a aparência das pessoas. Existem diversos fatores que contribuem para essa ocorrência. Confira, a seguir, as principais causas desse problema.

Fumo

O cigarro, além de ser extremamente maléfico para a saúde em geral, também contribui para o amarelamento dos dentes. Isso porque a nicotina e o alcatrão presentes no produto são prejudiciais para os dentes, pois além de se fixarem na superfície, também causam mau hálito e acelera o aparecimento de tártaro.

Alto consumo de alimentos excessivamente pigmentados

Existem produtos que contém corantes industriais em sua composição, que ao entrar em contato com a superfície dos dentes, aceleram o processo de amarelamento. Não são somente os corantes industrializados, existem alimentos e bebidas que contêm pigmentação natural em excesso e que também causam esse problema, como café, vinho tinto, chá preto, refrigerantes etc.

Genética

Mesmo as pessoas que seguem as recomendações de cuidados com a saúde bucal podem ter dentes amarelados em função da genética. Isso porque a cor do dente é uma característica que passa de pais para filhos. Além disso, existem doenças, entre elas a dentinogênese imperfeita, que causa problemas no esmalte dos dentes e favorece a alteração da cor.

Acúmulo de cálculo dentário

acúmulo de tártaro nos dentes é outra razão para a alteração da cor. Na prática, acontece a calcificação da placa bacteriana acumulada sobre os dentes. Infelizmente, o cálculo dentário é formado em função da higiene bucal mal executada. Com isso, os resíduos formados adquirem a coloração amarelada, pois absorvem as manchas com facilidade.

Clareamento dental: qual o melhor?

clareamento dental qual o melhor

Basicamente, o clareamento dentário consiste na aplicação de um gel por um determinado período, que é capaz de clarear dentes naturais que foram pigmentados ao longo do tempo. Vale ressaltar que, se houver dentes restaurados, é indicado a troca da resina para que a coloração fique em harmonia.

Existem diferentes tipos de tratamento para o clareamento dental. Entretanto, é preciso avaliar as indicações de cada um, pois eles têm características diferenciadas e devem ser aplicados conforme a alteração cromática e o perfil do paciente. Confira, a seguir, os principais tipos de tratamento.

Consultório

Os tratamentos disponíveis para a realização no consultório são mais abrangentes, pois podem ser aplicadas técnicas diferenciadas. O tipo convencional é aquele que não utiliza nenhum recurso adicional para potencializar o clareamento, como o laser. Entretanto, apesar de ser uma técnica mais simples, traz o mesmo resultado que essas alternativas.

Na prática, é feita a aplicação de um gel clareador nos dentes. O tratamento dura, em média, de uma a quatro seções, com o tempo de uma hora e meia cada e com o intervalo de 48 horas entre elas.

Caseiro

O tratamento caseiro é feito com a utilização do mesmo tipo de gel utilizado na técnica convencional feita no consultório, porém, com menor concentração do produto. O procedimento é executado na residência do paciente. Para isso, ele deve utilizar moldeiras apropriadas para a aplicação do produto.

Nesse tipo de tratamento, o dentista é essencial para acompanhar a evolução do clareamento, além de determinar a concentração correta do produto a ser aplicado e o tempo necessário em cada seção. Em função disso, as aplicações podem ter a duração de sete a vinte e um dias e devem ser realizadas diariamente.

Misto

O tratamento misto, como o próprio nome sugere, é realizado uma parte no consultório e outra na residência do paciente. A intenção é agilizar o processo, já que o paciente pode unir as duas técnicas de clareamento. Vale ressaltar que a parte realizada no consultório tanto pode ser a convencional quanto a aplicação de laser ou, ainda, outra técnica utilizada pelo dentista.

Laser

Outra forma de tratamento é o clareamento à laser. Nesse modelo pode ser aplicado o mesmo tipo de gel utilizado para as técnicas realizadas em consultório ou na residência. Entretanto, a concentração do produto é maior que o utilizado em casa e o clareamento é mais acelerado em função da aplicação do laser.

O produto permanece nos dentes por pequenos intervalos de tempo, em torno de 15 minutos, e com no máximo uma hora de sessão. A quantidade de sessões varia de acordo com a necessidade de clareamento. Ao utilizar essa técnica, o dentista realiza alguns procedimentos para proteger a gengiva e áreas expostas da dentina.

Além disso, ela só pode ser executada no consultório, pois é a aplicação do laser durante a seção, em conjunto com o gel aplicado nos dentes que permitem o clareamento dos dentes.

A escolha entre os tipos de clareamento dental deve ser feita em um consultório odontológico e com a ajuda de um dentista, pois ele poderá indicar qual o melhor tratamento de acordo com o tipo de coloração apresentada nos dentes. Vale ressaltar que escolher o tratamento errado pode fazer com que o resultado não seja o esperado.

Como você pôde acompanhar, existem vários fatores que interferem na coloração dos dentes. Além disso, há diferentes formas de clarear os dentes e, com isso, melhorar a saúde bucal e a autoestima. A pessoa mais indicada para esclarecer qualquer dúvida sobre clareamento dental e qual o melhor tratamento é o dentista, pois ele avaliará a razão do problema e indicará a melhor alternativa.

Gostou deste conteúdo sobre os diferentes tipos de clareamento dental? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber as nossas publicações em seu e-mail!

 

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário