Tártaro no dente: entenda como ele é formado e como evitar

6 minutos para ler

A presença de tártaro no dente prejudica bastante a estética do sorriso, mas esse é apenas um dos seus impactos negativos. Isso porque essa condição mostra que é preciso cuidar melhor da saúde bucal, e ainda oferece riscos para o equilíbrio dela.

As bactérias também se proliferam no tártaro e podem causar doenças na gengiva, mas a boa notícia é que prevenir a formação desses cálculos é fácil. Além disso, ele pode ser removido dos dentes para evitar complicações.

Neste artigo explicamos com mais detalhes o que é o tártaro no dente e como ele se forma, quais são as medidas preventivas recomendadas e de que maneiras esse problema pode ser tratado. Continue lendo e confira mais essa dica para ter um sorriso saudável e bonito!

O que é tártaro no dente?

O tártaro, ou cálculo dental, consiste na placa bacteriana que não é removida por meio da higiene bucal e que solidifica na boca. Ele é um material duro, com tonalidade esbranquiçada ou amarelada, que se forma em diferentes partes da dentição.

É bastante comum perceber a sua presença nos vãos dos dentes ou bem perto da gengiva, preenchendo o pequeno espaço que fica entre dentes vizinhos. Também acontece de se formar na linha abaixo da gengiva, onde não conseguimos ver. Nesse caso, recebe o nome de tártaro subgengival.

Quais são as causas do tártaro no dente?

Após as refeições, ou mesmo depois de comermos um simples petisco, resíduos de alimento se depositam sobre o esmalte dentário. Não são apenas pedaços maiores, mas também pequenas partículas que não são removidas nem mesmo quando fazemos bochechos com água.

São esses resíduos que formam a placa bacteriana, um biofilme que serve como alimento para bactérias nocivas. Ela pode ser eliminada facilmente com a escovação, porém, quando a higiene bucal não é feita, dá origem para o cálculo dental, ou seja, se forma o tártaro no dente.

As causas desse problema, portanto, incluem o processo natural de acúmulo de resíduos de alimento nos dentes associado à higienização inadequada ou insuficiente. Como a placa bacteriana fica em contato com os minerais presentes na saliva, ela solidifica e forma o tártaro.

Como evitar o tártaro no dente?

Como você viu, o tártaro no dente se forma por causa de resíduos de alimentos que se acumulam e não são retirados por meio da escovação. Sendo assim, evitar esse problema é muito fácil, bastando apenas caprichar na higiene bucal. Confira as dicas a seguir para que ela seja mais eficiente

Escolha uma boa escova

Uma escova de boa qualidade e adequada para suas necessidades é fundamental para que ela promova uma boa limpeza e previna o tártaro no dente. Existem diferentes tipos no mercado, então, na hora de escolher a escova é importante ter atenção com algumas características.

Prefira as escovas com cerdas macias porque higienizam próximo à gengiva sem agredir esse tecido, facilitando remover o máximo de placa bacteriana. O ideal é que as cerdas sejam retas, para manter um contato homogêneo em toda a superfície do esmalte.

A quantidade e densidade dos tufos também faz a diferença. Isso porque, quanto mais densos, significa que contêm um maior número de cerdas. Esse volume permite uma área de contato maior também, promovendo uma limpeza mais eficiente.

Os modelos com cabeça pequena, arredondada ou triangular, facilitam acessar os dentes mais ao fundo da boca sem machucar as bochechas. Aqueles com cabo emborrachado ou anatômico possibilitam realizar movimentos mais firmes e precisos.

Escove os dentes após cada refeição

Tudo aquilo que nós comemos deixa resíduos na boca, assim, pode contribuir para a formação do tártaro no dente. Sendo assim, fazer a escovação somente no final do dia não é a melhor alternativa, sendo o ideal realizá-la após cada refeição.

Para que você possa garantir esse cuidado mesmo quando estiver fora de casa, basta montar um kit de higiene bucal e levar com você na bolsa ou no carro. Se for possível, vale deixar no ambiente de trabalho, a fim de garantir mais praticidade e que você tenha acesso aos produtos que precisa para higienizar sua boca.

Use o fio dental todo dia

A escova sozinha não consegue remover todos os resíduos, então, se você não usar o fio dental corre o risco de perceber a formação do tártaro no dente. O uso dele deve fazer parte da sua rotina de higienização bucal.

Porém, nesse caso é diferente da escova, pois não há necessidade de passar o fio todas às vezes que você escovar o dente. Isso pode ser feito na última escovação do dia, mesmo porque o uso excessivo pode agredir a gengiva causando, por exemplo, a retração dela.

Lembre-se de que ao usar fio dental é preciso passar em todos os vãos dos dentes e estender o movimento um pouco para dentro da gengiva. Faça isso de uma forma delicada e suave para não causar nenhum tipo de lesão nela.

Como tratar tártaro no dente?

tartaro no dente

O tártaro no dente não pode ser removido de uma forma simples, como acontece com a placa bacteriana. Conforme explicamos, ele é um resíduo duro e que fica muito aderido no esmalte dentário, assim, somente o dentista é que pode fazer a sua remoção.

Para isso, ele utiliza instrumentos como o aparelho de ultrassom e a cureta. A técnica se chama tartarectomia, sendo um processo é mecânico, basicamente como se os dentes estivessem sendo polidos. Esse é um dos procedimentos que os dentistas realizam nas consultas de rotina, quando fazem a profilaxia dentária.

Daí a importância de passar pela consulta periódica com esse profissional, a fim de remover o tártaro visível e que está abaixo da linha da gengiva. Isso é fundamental porque, como você viu, ele também contém bactérias e traz sérios prejuízos para saúde bucal.

Quando o tártaro não é removido dá início ao quadro de gengivite Ela, por sua vez, evolui para a periodontite afetando tecidos mais internos que sustentam os dentes. E não é só isso, porque essas mesmas bactérias podem migrar pela corrente sanguínea e atingir órgãos vitais, como o coração.

Cuide bem da sua higiene bucal para prevenir o tártaro no dente e não se esqueça de se consultar periodicamente com o dentista, para que ele complemente esses cuidados. Dessa forma você vai garantir que a sua boca esteja sempre limpa e com a saúde equilibrada.

O tártaro é um problema bastante comum, então, compartilhe essas informações em suas redes sociais para que mais pessoas saibam que é fácil evitar e a importância de fazer isso.

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário