O que você precisa saber sobre gengivoplastia?

7 minutos para ler

Nem sempre os problemas bucais acometem os dentes, afinal, a cavidade bucal é composta por diferentes tecidos e estruturas que também desenvolvem complicações. A boa notícia é que existem procedimentos e tratamentos para reverter essas condições, como a gengivoplastia.

Ela é um tipo de plástica realizada na gengiva, mas nem todo mundo sabe ao certo a sua indicação ou como funciona. Foi por causa dessas dúvidas que a equipe da Odontoclinic criou este artigo, a fim de explicar tudo que você precisa saber sobre esse assunto.

Continue lendo para entender o que é a gengivoplastia, as vantagens da realização desse procedimento, quem pode fazer e outras informações para ficar por dentro do assunto.

O que é o procedimento de gengivoplastia?

É verdade que dentes amarelados, desalinhados e outros problemas prejudicam bastante a aparência do sorriso, porém, o aspecto da gengiva também tem uma grande influência na dentição. Quando há excesso de tecido ou assimetria, isso pode afetar a estética das arcadas dentárias.

A boa notícia é que a gengiva também pode passar por procedimentos para ficar mais simétrica e harmônica. Uma boa opção é a gengivoplastia, tratamento considerado como simples e que pode ser realizado no próprio consultório do dentista.

A givoplastia consiste em uma pequena cirurgia plástica feita no tecido gengival. Seu objetivo é remodelar a gengiva para que suas bordas fiquem mais arredondadas, simétricas e valorizem a aparência e o formato dos dentes.

Existem casos em que a gengivoplastia também pode ser realizada juntamente da gengivectomia. Esse segundo procedimento também é uma pequena cirurgia, mas que tem o objetivo de remover o excesso de tecido e, se necessário, modelar o osso.

A gengivoplastia é uma opção de tratamento, por exemplo, para pessoas que apresentam sorriso gengival, condição em que as gengivas aparecem demais quando se sorri. Isso acontece porque ela sobrepõe excessivamente os dentes, inclusive, deixando a impressão de que eles são pequenos demais, o que torna a aparência infantilizada.

Quais são as vantagens da gengivoplastia?

gengivoplastia

Uma das principais vantagens da gengivoplastia é o fato de ser um procedimento considerado simples. Além disso, pode ser realizado tanto com objetivo estético quanto para preservar a saúde bucal. A seguir explicamos com mais detalhes esses dois benefícios.

Valorização da aparência

Explicamos que o aspecto do sorriso também é influenciado pela gengiva, por isso, quando há diferença de tamanho de um dente para o outro, acúmulo de tecido ou mesmo alterações das formas, isso pode prejudicar bastante a aparência.

Com a realização da gengivoplastia, a gengiva é remodelada de modo que seus contornos harmonizem com o formato e com as dimensões do dente da pessoa. É feito um trabalho personalizado para cada um, a fim de valorizar a aparência natural da arcada dentária.

Parece um detalhe e realmente é, mas faz toda a diferença na valorização da imagem da pessoa de modo geral. Não podemos esquecer que o sorriso tem um grande impacto na aparência, logo, quando ele está harmônico e simétrico, a estética fica mais agradável.

Preservação da saúde bucal

As diferenças de tamanho da gengiva, quando em uma região da boca ela recobre mais os dentes, por exemplo, podem prejudicar a higienização bucal. Isso porque o tecido pode ser lesionado pela escova por estar ressaltado naquela área, assim, pode haver um acúmulo de placa bacteriana.

Essa condição tende a evoluir para o tártaro, ou desencadear inflamações e doenças na gengiva. Mas, também pode acontecer de, por causa de um excesso, o dente estar muito recoberto e até mesmo inacessível durante a escovação, levando a um acúmulo de resíduos abaixo desse tecido. Isso também favorece a proliferação de bactérias e as doenças bucais.

Quando modelamos o tecido gengival para que ele esteja no volume, tamanho e simetria adequados, estamos cuidando também do equilíbrio da saúde bucal. É uma medida preventiva para que não haja acúmulo da placa bacteriana e a escovação seja mais eficiente.

Como o procedimento funciona?

Antes de realizar a gengivoplastia o paciente passará por uma avaliação com o especialista, para verificar se esse é o melhor procedimento para alcançar os resultados que pretende. Além disso, é necessário analisar se ele não tem nenhuma condição bucal ou doença que possa interferir no sucesso do tratamento.

Em caso de alguma doença bucal instalada, antes, ela precisa ser tratada para minimizar possíveis riscos de inflamação ou infecção. Também é necessário fazer exames de raio-X e moldagens, a fim de planejar da melhor forma a cirurgia.

Não havendo nenhum impedimento, a gengivoplastia é agendada. Para dar início a ela é feita a assepsia da região seguida da aplicação de um medicamento anestésico, para garantir o máximo de conforto durante o procedimento. Utilizando um bisturi comum ou elétrico a laser o profissional realiza as intervenções nas áreas que precisam ser modeladas.

Não é necessário fazer pontos, pois o próprio organismo se encarrega da recuperação. As mucosas bucais têm uma cicatrização muito rápida, sendo que para alguns pacientes esse processo demora apenas 3 dias.

Quem pode fazer uma gengivoplastia?

A gengivoplastia é indicada para os pacientes que querem valorizar ainda mais o seu sorriso alcançando harmonia entre as gengivas e a dentição. Também para aqueles que sofreram algum tipo de dano nesse tecido, como em função da periodontite ou traumas. E ainda, pode ser feita por pessoas que apresentam sorriso gengival.

Mas, para realizar esse procedimento é importante ter atenção às contraindicações, uma vez que existem alguns fatores que podem atrapalhar resultados. Em alguns casos, como dito, antes, o paciente precisa tratar algumas condições para viabilizar a gengivoplastia.

É o que acontece, por exemplo, com aqueles que estão com quadros inflamatórios na gengiva (gengivite). Primeiro é necessário conter essa inflamação para garantir que os tecidos se recuperem adequadamente após a cirurgia.

Ela também não pode ser realizada quando a proporção entre a coroa e a raiz dentária são desfavoráveis, se houver o risco de exposição de furcas ou da formação de desníveis nas bordas da gengiva.

Por isso, o paciente precisa passar por uma avaliação completa de um profissional experiente. Dessa forma, além de avaliar sua saúde bucal por completo, ele verificará se existe algum fator que pode interferir os resultados e recomendará uma alternativa que seja mais segura e eficaz.

Sendo assim, quando for escolher a clínica onde realizará sua gengivoplastia, tenha cuidado com valores muito abaixo do mercado, porque pagar o tratamento odontológico mais barato nem sempre é uma boa alternativa. Prefira profissionais com credibilidade e que você tenha certeza de que realizarão esse procedimento com segurança e qualidade.

Na Odontoclinic você encontra todo o suporte que precisa para cuidar bem do seu sorriso. Entre em contato conosco e agende uma avaliação!

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário