Implantodontia: conheça melhor essa área fundamental da odontologia!

8 minutos para ler
Implantes: para resgatar a alegria de sorrir naturalmente

Como acontece com a Medicina, a Odontologia é composta por diferentes áreas, também conhecidas como especialidades. É o caso da ortodontia, da endodontia e da implantodontia. Por isso, existem dentistas para atender os mais diversos casos e até mesmo aqueles especializados no atendimento de pessoas com uma determinada faixa etária.

Algumas áreas odontológicas ganharam destaque nos últimos anos e a implantodontia é uma delas. Essa especialidade possibilita tratar a perda de dentes de uma forma mais confortável para o paciente, trazendo resultados funcionais e estéticos superiores em comparação às próteses móveis convencionais (dentaduras). É a odontologia ajudando você a se sentir bem, certo?

Como o tratamento com implantes dentários está se tornando cada vez mais popular, a gente fez este conteúdo para que você entenda o que é a implantodontia e a importância dessa especialidade. Você vai notar o quanto a área ajuda a melhorar nossa qualidade de vida. Acompanhe!

O que é implantodontia?

A implantodontia é a especialidade que faz implante dentário e promove a reabilitação oral de pacientes que sofreram perda de dentes. Os tratamentos podem ser realizados tanto por quem perdeu apenas um deles quanto por pessoas que não têm nenhum dente nas arcadas.

Os procedimentos da implantodontia são uma alternativa ao uso das dentaduras. Afinal, embora prótese e implante sejam indicados para repor dentes perdidos, no segundo caso é possível alcançar resultados com uma qualidade superior, sabia? Isso, claro, em função das técnicas e da tecnologia empregada no procedimento que não param de avançar!

Os implantes são como raízes dentárias artificiais que ficam presas no osso que sustenta a raiz dos dentes naturais. Sobre eles são colocadas as próteses que vão fazer a substituição estética e funcional dos dentes perdidos na arcada dentária.

Esse implante, que também é chamado de pino, fica totalmente preso nessa base óssea, por isso, ele não se movimenta como acontece com as dentaduras comuns. O paciente sente mais conforto e firmeza na hora de mastigar, além de segurança para falar e sorrir.

A implantodontia possibilita fazer a reposição dos dentes perdidos com resultados funcionais e estéticos superiores. Sem falar da longevidade do tratamento, pois o implante pode durar por toda a vida, quando recebe cuidados e manutenção ideais, é claro!

Qual é a importância da implantodontia?

Como explicamos, a implantodontia é a área que trata a perda de dentes. Esse é um problema que exige atenção porque provoca impactos bem consideráveis. A gente comenta em detalhes a seguir!

Mastigação

Em relação aos aspectos funcionais, a implantodontia ajuda demais a evitar as consequências da perda de dentes. Uma delas ocorre em relação à mastigação. Ela se torna inadequada porque cada dente tem o seu papel na maceração dos alimentos, então, a ausência de algum dificulta mastigar e atrapalha a absorção de nutrientes e também a digestão.

Problemas de fala

Dependendo da localização da perda do dente, ocorre dificuldade para articular determinados sons da fala, o que faz com que a pessoa possa ir criando mais e mais timidez ao se expressar, viu?

Posicionamento da arcada

Quando a falta de dentes não é tratada no momento adequado, ocorre a perda óssea, gerando uma queda da quantidade de ossos que sustentam a raiz da dentição. Por esse motivo, podem se manifestar alterações no posicionamento dos demais dentes.

Também existe a possibilidade de ocorrer sobrecarga nas estruturas faciais, já que é preciso uma adequação dos movimentos mastigatórios para se adaptar a ausência dos dentes.

Autoconfiança

Quanto à estética, as falhas na arcada dentária afetam bastante a imagem, uma vez que o sorriso é nosso cartão de visitas. Isso promove, para muitos, insatisfação com a aparência e tira a liberdade de interagir e socializar com as pessoas.

É comum pessoas que perderam um ou mais dentes ficarem com vergonha de se expressar e sorrir, tendo mais dificuldade de conquistar bons cargos ou ter relacionamentos saudáveis, sabia?

A implantodontia soluciona todas essas questões fazendo a reposição dos dentes que foram perdidos, tanto na região estética do sorriso quanto nas áreas mais ao fundo da arcada. Ela também traz de volta toda a funcionalidade e renova a aparência.

Quais são os tipos de implante?

implantodontia

A implantodontia oferece tratamentos flexíveis que permitem repor apenas um dente perdido ou todos os dentes de ambas as arcadas. Isso é possível porque existem diferentes tipos de implante dentário, indicados conforme as necessidades de cada paciente. A seguir você confere uma breve descrição desses diferentes tipos e suas indicações.

Implante unitário

Nesse tipo de implante, é feita a instalação de um pino para cada dente que será substituído. É indicado para quem perdeu apenas um elemento dentário ou diversos dentes, mas em áreas diferentes da boca.

Implante com carga imediata

Esse também é um tipo de implante unitário, mas, nesse caso, o paciente já sai do consultório com a prótese instalada. No implante comum, depois da cirurgia é preciso esperar a osseointegração para instalar a prótese.

Na carga imediata, a cirurgia e a instalação do dente são feitos no mesmo dia.

Implante zigomático

Os implantes convencionais são fixados no osso alveolar, aquele que abriga naturalmente a raiz dos dentes. No implante zigomático o pino fica preso no osso zigomático, também conhecido como malar ou osso da bochecha, que forma parte da órbita ocular. Por isso, a técnica é indicada para substituir os dentes da arcada superior.

Implante dois por três

Algumas pessoas perdem três dentes em sequência, e esse tipo de implante é indicado para elas. É confeccionada uma prótese contendo os três elementos dentários, porém, são fixados apenas dois pinos, porque o dente do meio não terá essa raiz artificial. Isso minimiza a invasividade do tratamento e melhora seu custo-benefício.

Implante com prótese protocolo

É indicado para pessoas que precisam substituir todos os dentes da arcada dentária. O tratamento consiste na instalação de cerca de 4 implantes e sobre eles é encaixada uma prótese total. Ela permanece presa por parafusos, então, o paciente não pode retirar o dispositivo em sua casa, se mantendo sempre fixa.

Implante com prótese overdenture

É similar ao modelo protocolo, pois também substitui todos os dentes de uma arcada, mas são instalados menos implantes, sendo cerca de 2. Além disso, a prótese overdenture é presa por um sistema de encaixes, assim, o paciente pode retirá-la em casa para fazer a higienização.

É válido ressaltar que, para fazer o implante dentário, é preciso que a pessoa esteja com a saúde bucal e orgânica em equilíbrio. Até porque, a gente está falando de um procedimento cirúrgico que também tem suas contraindicações, como quadros de diabetes, hipertensão ou doenças cardíacas não tratadas — além de infecções e inflamações bucais em curso.

Em relação à idade, o tratamento com implantes é indicado para pessoas que já completaram o desenvolvimento ósseo. Sendo assim, não é recomendado para crianças e adolescentes em fase de crescimento, pois ainda haverá alterações no tamanho e formato do osso.

Como reconhecer bons profissionais da área?

O tratamento com implantes dentários é personalizado para cada pessoa, sendo fundamental fazer uma avaliação completa do seu estado de saúde bucal e orgânica, para observar se não existe nenhuma contraindicação no momento. Portanto, é indispensável se consultar com um especialista em implantodontia.

Na hora de buscar esse tratamento, observe se o dentista é de fato especializado na área. Veja a sua experiência, além das técnicas que aplica e os tipos de materiais utilizados. Tudo isso é importante porque o modo como é feito o implante dentário influencia o sucesso do tratamento.

Confira se a clínica em que o profissional atua tem uma boa estrutura, se oferece um atendimento humanizado e personalizado. Verifique se investe em tecnologia e se o profissional está sempre atualizando seus conhecimentos, observando as novas técnicas e tendências.

O clínico geral pode ajudar você a escolher um bom implantodontista. Quanto antes o tratamento for feito, melhor para evitar a necessidade de fazer enxertos ósseos. Na Odontoclinic, você recebe todo esse suporte que vai precisar, desde o atendimento inicial até a finalização do seu implante, já que encontra todos os profissionais em um só lugar.

A implantodontia evoluiu muito nos últimos anos e ainda vem trazendo cada vez mais inovações. Então, escolha bem a clínica e o profissional que vão realizar o tratamento para garantir que ele seja feito com segurança, que os resultados funcionais e estéticos serão os melhores, cuidando bem da sua saúde bucal e valorizando sua aparência.

Agora que já sabe o que é implantodontia, assine a nossa newsletter! Assim, enviaremos conteúdos interessantes como esse para o seu e-mail!

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário