Fio ou fita dental: descubra a diferença e como escolher

Na dúvida entre usar fio ou fita dental? Confira o artigo que preparamos e saiba tudo sobre o assunto!

Uma das principais formas de garantir a saúde e a higiene bucal é utilizando fio ou fita dental. Isso porque eles alcançam regiões entre os dentes que as escovas dentais não conseguem e, com isso, garantem uma limpeza eficiente. Mesmo assim, nem todos sabem a diferença entre esses dois produtos e quando deve ser usado um ou outro.

A odontologia é uma área que, diariamente, lança novos produtos no mercado, por isso, a dúvida é genuína. Eles são produtos diferentes, sim, e, como tal, são utilizados de formas distintas e precisam da orientação correta para cumprirem sua função.

Quer saber mais sobre fio ou fita dental, entender as suas peculiaridades e saber qual é a melhor opção para você? Neste artigo, vamos explicar as diferenças entre esses itens, como utilizá-los e quais são os benefícios de utilizar esses produtos. Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto!

Quais são as diferenças entre fio e fita dental?

Independentemente de ser fio ou fita dental, ambos os produtos têm a função de realizar a limpeza entre os dentes, ou seja, em locais que as cerdas das escovas não alcançam. Mesmo assim, há algumas diferenças entre eles.

De acordo com a Associação Americana de Odontologia (ADA), o fio dental é um pequeno fio com filamentos trançados, que formam uma pequena rede. A fita dental, por sua vez, é parecida, mas é mais larga e conta com um formato mais achatado. Por conta disso, a fita dental pode não alcançar locais tão facilmente quanto o fio dental, que ajuda, inclusive, a realizar a limpeza correta da parte interna da gengiva.

Não existe escolha certa ou errada aqui: o importante é você sentir se o fio ou fita dental fez a limpeza com mais eficiência. Em geral, quando os dentes são mais juntos, o fio dental costuma ser a escolha mais comum, principalmente se ele for encerado — o que facilita o deslize entre os dentes e evita sangramentos na gengiva. Outro fator importante a ser observado é que algumas pessoas podem ter dificuldade em manusear o fio dental por ser mais fino. Nesse caso, fazer tentativas com a fita dental é uma boa pedida.

É importante lembrar que, sendo fio ou fita dental, é fundamental realizar a limpeza correta e evitar o acúmulo de alimento entre os dentes. Isso pode causar placa bacteriana, que evolui para tártaro e pode comprometer seriamente a parte óssea da mandíbula – podendo causar, inclusive, a perda e o amolecimento dos dentes. Ah, e não se esqueça: a limpeza com o fio ou fita dental não exclui uma boa escovação, com uma escova de cerdas macias e creme dental de qualidade.

Se tiver dúvidas, consulte nosso post que fala tudo sobre periodontia.

Como utilizá-los?

Após escolher entre fio ou fita dental, é importante saber como utilizar o produto. Lembre-se de que os movimentos devem ser delicados, sem impactos e sem o uso de força para evitar lesionar a gengiva e causar sangramentos. Você pode usar a fita ou fio dental antes ou depois da escovação.

Para fazer tudo certinho, siga esses passos antes ou após a escovação. Veja abaixo:

  • corte um pedaço de fio ou fita dental com aproximadamente 40 centímetros de comprimento;
  • enrole uma das pontas de fio ou fita dental no dedo médio e, a outra ponta, no dedo médio da outra mão;
  • com o indicador e o polegar de cada mão, segure a fita ou o fio dental com firmeza para ter mais controle na hora de realizar a limpeza;
  • agora, coloque a fita dental no espaço entre dois dentes e deslize até embaixo, próximo à gengiva;
  • envolva a base do dente, como se fosse um arco;
  • com o movimento de vaivém, mova a fita ou o fio dental com cuidado até sair do espaço entre os dentes.
  • feita a limpeza, desenrole um pedaço pequeno de fio ou fita dental de uma das mãos e utilize uma parte limpa para o próximo espaço interdental.
  • repita a operação fazendo, agora, um arco com a fita ou fio dental, de modo a envolver o lado oposto ao que você limpou anteriormente.
  • se achar necessário, refaça os movimentos com a fita ou com o fio dental até perceber que não há restos de alimento entre os seus dentes.
  • faça isso em todos os espaços entre os dentes.

Para que tudo saia conforme o esperado, procure manter sempre o fio ou fita dental em suas embalagens originais e em local seco. Evite deixar sobre a pia, pois a água pode contribuir com o aparecimento de micro-organismos e, desta forma, a limpeza será em vão.

Realizando os passos corretamente pelo menos uma vez por dia, você consegue remover a placa bacteriana e evitar o aparecimento de tártaro, uma substância dura, que pode causar perda óssea e outros problemas. Somente dentistas conseguem removê-lo totalmente, por isso, prevenir é a melhor forma de garantir a saúde bucal e manter o sorriso sempre em dia. Esse é um procedimento muito importante, principalmente para quem precisa saber como se livrar do mau hálito.

Quais são os benefícios de utilizar o fio ou fita dental?

Embora a escovação correta seja importante, o uso do fio ou fita dental em conjunto é fundamental para evitar a placa bacteriana, prevenir cáries e gengivite e combater o mau hálito. Por isso, com toda a certeza, o principal benefício desse item é garantir a saúde da sua boca e evitar procedimentos odontológicos emergenciais.

Quando a limpeza entre os dentes é feita pelo menos uma vez por dia, aliada à escovação, a proliferação de micro-organismos diminui muito. Para fechar a limpeza com chave de ouro, você ainda pode utilizar um enxaguante bucal, que além de ser refrescante, ajuda a combater as bactérias.

Caso você tenha dúvidas sobre a utilização correta do fio ou fita dental e se o procedimento causar dor ou incômodo, é importante fazer uma consulta com o seu dentista. Ele pode orientar e identificar se você está com tártaro ou gengivite, ou, ainda, se o manuseio do produto está sendo realizado de maneira errada.

Agora que você já sabe a diferença entre fio ou fita dental, que tal contar para a gente qual a sua escolha? Qual dos dois produtos você prefere? Tem algo para dividir com os nossos leitores? Então deixe seu comentário abaixo e compartilhe sua experiência com a gente!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
O atestado odontológico é válido para abonar faltas? Quantos dias? E horas? Esclareça suas dúvidas nesse post!
Feridas no céu da boca? Leia o post para saber o que pode ser, quais são as principais causas e o que fazer!
Dente infeccionado ou inflamado? O que fazer se o dente estiver inflamado? Leia o post e tire suas dúvidas!