Cirurgia ortognática: em quais casos é indicada e como é feita

A cirurgia ortognática é um procedimento que visa alterar as formações ósseas da mandíbula, da maxila e/ou do queixo para melhorar a mordida e a respiração, mudando também a aparência facial. 

O dentista que faz a cirurgia ortognática é o cirurgião bucomaxilofacial, que tem especialização em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial. Esse procedimento é indicado para disfunções que afetam a parte inferior da fase. Quer saber mais? Vem com a gente! 

Para quem a cirurgia ortognática é indicada?

A cirurgia ortognática é recomendada quando a pessoa tem alguma disfunção óssea que afeta a mordida, a respiração e a aparência facial. O paciente deve fazer avaliações com os dentistas especialistas para entender o tratamento adequado para a reabilitação completa das funções orais. Geralmente, a cirurgia ortognática é indicada para casos de:

  • disfunção temporomandibular (DTM);
  • mordida aberta;
  • queixo para frente (prognatismo);
  • queixo para trás (retrognatismo);
  • atresia de maxila;
  • apneia do sono;
  • assimetrias faciais etc. 

A mordida aberta é quando a pessoa fecha a boca e fica um espaço entre os dentes superiores e inferiores. Na atresia maxilar, a largura do osso que forma o céu da boca é estreita, apertando os dentes e causando apinhamento, que pode resultar em mordida cruzada.

Existem classes de cirurgia ortognática recomendadas de acordo com o diagnóstico da disfunção. Apenas o especialista pode fazer essa análise.

Cirurgia ortognática: antes e depois

Uma vez identificado o problema, o dentista vai orientar você a respeito da correção necessária. Se a mandíbula se projeta para frente, a cirurgia vai adiantar na medida certa. Se a mandíbula apresenta recuo, a cirurgia vai trazer ela pra frente, e assim por diante.

Em outras palavras, o resultado da cirurgia maxilar varia de acordo com o caso e correção necessária. Antes do procedimento, você pode e deve questionar o especialista acerca dos resultados de cada etapa, desde o momento do tratamento ortodôntico até o próprio planejamento cirúrgico. 

Como é a cirurgia ortognática?

Na intervenção ortognática, o cirurgião-dentista faz cortes precisos nos ossos da face para reposicioná-los de acordo com o planejamento cirúrgico. Após a movimentação dos ossos, pode ser necessário o uso de parafusos, placas e fios para mantê-los no lugar adequado. 

Geralmente, o tratamento que inclui a intervenção ortognática envolve o cirurgião bucomaxilofacial e o ortodontista. A duração do tratamento ortodôntico que precede a cirurgia pode variar de acordo com a complexidade do caso.

Quantas horas dura a cirurgia ortognática?

A cirurgia ortognática dura de 2 a 4 horas em média. No entanto, a duração do procedimento também varia de acordo com a complexidade do caso. Se a cirurgia envolver enxertos ósseos, por exemplo, pode ser que dure mais do que o tempo médio. 

Quais são os riscos da cirurgia ortognática?

Como toda cirurgia, podem ocorrer complicações, como infecções, sangramento etc., mas vale ressaltar que, nesse procedimento, elas são raras. A equipe médica deve tomar todas as precauções para minimizar os riscos durante o procedimento e o paciente deve seguir as orientações do pós-operatório à risca. 

Quanto tempo é a recuperação da cirurgia ortognática?

Entre 15 e 21 dias, em média, para retorno das atividades básicas. O pós-operatório da cirurgia ortognática pode ser desconfortável, afinal, o procedimento envolve a movimentação de ossos essenciais do rosto. Então, é fundamental repousar, seguir uma dieta líquida e pastosa no começo da recuperação e fazer a higiene bucal adequada recomendada pelo dentista-especialista

Dor e inchaço após a cirurgia são comuns, por isso ocorre a prescrição de medicamentos para diminuir o desconforto. Além disso, o acompanhamento com o especialista é fundamental em todas as etapas do pós-operatório da cirurgia ortognática. Em alguns casos, pode haver também acompanhamento com o fonoaudiólogo e com o otorrinolaringologista.

Converse com o especialista

Não deixe de tirar todas as suas dúvidas, à medida que elas surgirem, seja antes seja depois da cirurgia. Se você sente que a sua mandíbula e queixo podem precisar de intervenção, agende a sua consulta na Odontoclinic mais próxima e converse com um de nossos especialistas! 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
O atestado odontológico é válido para abonar faltas? Quantos dias? E horas? Esclareça suas dúvidas nesse post!
Feridas no céu da boca? Leia o post para saber o que pode ser, quais são as principais causas e o que fazer!
Dente infeccionado ou inflamado? O que fazer se o dente estiver inflamado? Leia o post e tire suas dúvidas!