Estomatite: você pode ter e nem sabe! Conheça sintomas e tratamentos 

Estomatite não tem nada a ver com estômago: a inflamação na mucosa do estômago se chama gastrite. Muitas vezes aparece uma bolinha ou machucado na nossa boca e não sabemos qual é a causa ou se devemos fazer algo a respeito.

Por isso, preparamos este texto explicando o que é estomatite, quais são os principais sintomas, qual é o tratamento e como se cuidar durante uma crise. Quer saber mais? Vem com a gente! 

O que é estomatite?

Estomatite é o nome que se dá para a inflamação da mucosa oral, que é a parede que reveste toda a boca. Essa palavra nos lembra “estômago”, mas na verdade é derivada de “stoma”, que significa boca. Esse tipo de infecção é, geralmente, causado pelo vírus da herpes simples ou pelo vírus coxsackie. 

Estomatite infantil

A estomatite infantil, muitas vezes chamada de sapinho, ocorre quando a criança é infectada com o vírus da herpes simples ou pelo vírus coxsackie. O primeiro, HSV-1, é muitíssimo comum: 90% da população brasileira vive com ele. Então, é provável que as crianças tenham contato com o vírus da herpes simples já nos primeiros 6 anos de vida. 

Como identificar estomatite?

A principal forma de identificar a estomatite é a observação dos sintomas. Em crianças, pode ser um pouco mais complicado enxergar alguns dos sinais, por isso, é fundamental conhecê-los e manter a atenção em alta em relação às reclamações da criança e as dificuldades que ela pode enfrentar no momento de se alimentar, engolir etc. 

Sintomas de estomatite

Ter úlceras na boca, dentro dos lábios, bochechas ou na língua é um dos sinais mais evidentes da estomatite. Você provavelmente já teve ou viu alguém com lesões assim na boca, chamadas úlceras, geralmente associadas à baixa imunidade. Confira a lista de sintomas de estomatite:

  • lesões na boca que saram e voltam;
  • aftas dentro da boca;
  • manchas vermelhas na garganta e gengiva;
  • salivação em excesso;
  • inchaço;
  • dor na boca;
  • dor ao engolir;
  • dor ao falar;
  • sensação de ardência na boca;
  • sensibilidade na boca;
  • febre.

Além desses sintomas, a pessoa acometida pela condição também pode ter uma sensação de mal-estar. 

Tipos de estomatite

Os tipos de estomatite são: aftosa e herpética. Na aftosa aparecem aftas, úlceras, feridas, vermelhidão e dor bucal, relacionadas à fraqueza do sistema imunológico. Já no caso da herpética, manchas vermelhas aparecem na boca e na garganta, podendo ocorrer sangramento gengival

A estomatite é geralmente causada por vírus, mas pode ser também resultado da infecção por bactérias e fungos, além de resposta para traumas devido ao uso de aparelhos dentários e da quimioterapia. Por isso, o acompanhamento especializado é fundamental para o tratamento específico para aliviar os sintomas de acordo com o tipo. 

Estomatite é perigoso?

A estomatite geralmente não é perigosa. Entretanto, cada organismo funciona de uma forma, então existe a possibilidade de ter complicações. Um exemplo disso é quando a infecção afeta os olhos, afetando a córnea negativamente de forma irreversível. É raro, mas pode acontecer. 

O que é bom para curar estomatite?

Quem está com crise de estomatite deve evitar comer frutas ácidas, como limão, abacaxi, laranja, kiwi etc. Além disso, é bom dar um tempo nos alimentos muito salgados. A recomendação é parecida com quando ocorre extração de dente: ingerir líquidos frios, alimentos gelados e pastosos, como sopas, purês, iogurtes e gelatinas, por exemplo.  

Tratamento para estomatite

O tratamento para estomatite ocorre por meio de medicamentos, então é fundamental procurar um especialista para confirmar a condição e sua causa: condições de causas virais são tratadas com antivirais, por exemplo. O profissional de saúde também pode prescrever analgésicos para aliviar a dor. 

Como prevenir

Para evitar a infecção com os vírus causadores da condição, é fundamental higienizar as mãos com frequência, além de manter uma boa higiene bucal e evitar o compartilhamento de utensílios e contato com as lesões de pessoas que têm o vírus. 

Se mantenha alerta em relação aos sinais de infecção e, em caso de sintomas, procure logo um especialista para examinar e indicar o melhor tratamento. Para melhorar os seus conhecimentos, leia o artigo sobre o assunto que preparamos para você e conheça as principais doenças na boca e saiba como tratá-las! 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
Feridas no céu da boca? Leia o post para saber o que pode ser, quais são as principais causas e o que fazer!
Dente infeccionado ou inflamado? O que fazer se o dente estiver inflamado? Leia o post e tire suas dúvidas!
Piercing no smile é aquele que aparece quando a pessoa sorri, mas será que ele faz mal para os dentes? Tire suas dúvidas!