O que é candidíase oral e como ela se manifesta?

6 minutos para ler
Clínico geral: sempre uma solução ideal pra cuidar de você

A candidíase oral é um problema bucal, popularmente conhecido como sapinho. Tire as suas dúvidas sobre essa questão!

Você já ouviu falar sobre “sapinho”? É bem provável que sim! Então, que tal conhecer um pouco mais sobre esse problema? Ele se chama candidíase oral e pode afetar pessoas de todas as idades, desde crianças até adultos.

Conhecer as particularidades desse problema é o primeiro passo para podermos lidar de forma adequada com ele! Então, pensando nisso, preparamos este artigo para responder a todas as suas dúvidas sobre o temido sapinho.

Para nos ajudar, convidamos o Dr. Raniere Costantin, cirurgião-dentista de Implantodontia e Ortodontia da Odontoclinic de Lajeado (RS). Continue a leitura e confira o que ele tem a dizer sobre a candidíase oral!

O que é a candidíase oral?

Candidíase é o nome dado à infecção causada pelo fungo Candida albicans. Por se tratar da forma oral, é um problema que afeta exclusivamente a boca. No entanto, esse agente pode estar relacionado a doenças que acontecem em outras áreas do corpo, como os órgãos genitais.

O que causa a candidíase na boca?

A candidíase na boca tem causa relacionada com a imunidade. Ou seja: uma pessoa pode ter a presença do fungo e jamais manifestar a doença. A partir da queda das defesas do organismo, ocorre uma proliferação dos seres microscópicos e o consequente desenvolvimento dessa doença da cavidade oral.

Os fatores que podem afetar a imunidade de uma pessoa incluem:

  • estresse;
  • infecções respiratórias (como gripes, resfriados e outras);
  • doenças autoimunes;
  • mudança brusca de temperatura;
  • uso de alguns medicamentos;
  • gravidez;
  • alimentação inadequada, entre outros pontos.

Além disso, o uso de antibióticos também pode alterar a composição bacteriana e fúngica da nossa boca. Isso faz com que microrganismos “do bem” sejam mortos e ocorra a situação perfeita para a proliferação de agentes causadores de doenças.

Como a candidíase oral é transmitida?

De acordo com o Dr. Raniere, a candidíase oral pode ser transmitida de forma direta. Segundo ele, “esse fungo é passado de pessoa para pessoa por meio de contatos diretos. Um exemplo bem prático é o beijo, mas o contato sexual também pode transmitir”.

Lembrando que essas não são as únicas vias de contágio. Bebês podem ser contaminados a partir da amamentação, por exemplo. Por isso, sempre higienize a boca do neném após as refeições e peça a orientação de um pediatra ou dentista para mais informações.

Quais são os sintomas do sapinho?

Os sintomas mais frequentes da infecção por Candida albicans são:

  • lesões brancas espalhadas pela boca, incluindo a língua e outras regiões;
  • sangramento caso as lesões sejam manipuladas (por exemplo, raspadas ou escovadas);
  • dor ao movimentar a região bucal;
  • dor para se alimentar;
  • rachaduras e áreas vermelhas nos cantinhos da boca;
  • sensação de boca seca;
  • alterações no paladar, como diminuição ou perda total do sentido.

Como a candidíase oral é tratada?

Isso depende. Como toda e qualquer doença, a candidíase requer uma abordagem personalizada ao paciente. Por isso, cada pessoa terá um protocolo único, que levará em consideração as suas particularidades e necessidades naquele momento.

Na maioria das vezes, o tratamento é feito com medicamentos responsáveis por eliminar o fungo, sendo a Nistatina e o Fluconazol os mais comumente utilizados. Além disso, podem ser usados remédios para melhorar a imunidade, cessar o desconforto e a dor e melhorar algum mal-estar que o paciente esteja apresentando.

Os tratamentos são longos (duram cerca de 14 dias) e não podem ser interrompidos antes do consentimento do médico ou dentista responsável. A interrupção precoce do uso dos remédios pode fazer com que o problema volte mesmo que os sintomas já tenham sumido. Por isso, siga a prescrição e confie no profissional que indicou o tratamento.

Quais os cuidados para prevenir a infecção por Candida albicans?

Agora, é hora de conferirmos algumas dicas passadas pelo Dr. Raniere Costantin para a prevenção desse problema. Vamos lá?

Mantenha um estilo de vida saudável

Como vimos, a imunidade é um dos fatores mais importantes para a prevenção da candidíase. Sendo assim, um estilo de vida saudável é imprescindível para lidar com essa questão. Além de uma alimentação repleta de nutrientes, é recomendado que você se hidrate com frequência e cuide do corpo como um todo.

Cuide da sua saúde mental

Cuidar da mente também é fundamental para evitar problemas relacionados à sua imunidade. Por isso, tenha um carinho especial pelos cuidados com a saúde mental, dedicando-se a atividades que sejam prazerosas em seu dia a dia e evitando fatores que causem estresse.

candidíase oral

Foque na higiene bucal

Os cuidados com a higiene bucal devem ser priorizados para que esse tipo de problema seja evitado. Isso é válido para pessoas de todas as idades, portanto o zelo com a boca de bebês e crianças é de responsabilidade dos adultos, combinado?

Entre os cuidados mais importantes, podemos citar:

  • a escovação dentária pelo menos 3 vezes ao dia;
  • o uso diário do fio dental, pelo menos antes de dormir;
  • a escovação da língua, também ao menos 1 vez ao dia;
  • o uso (mediante aprovação do dentista) de enxaguantes bucais, de preferência os que têm fórmula livre de álcool.

O objetivo é remover qualquer resíduo de alimento que possa estar presente na região da boca.

Evite o compartilhamento de objetos pessoais

O compartilhamento de objetos também pode ser uma via de contaminação com a candidíase oral, tanto em adultos quanto em crianças. Por isso, é preciso ficar de olho.

A dica é orientar os pequenos a não compartilharem talheres, mamadeiras e outros objetos e sempre levá-los a um odontopediatra para verificar qualquer estágio precoce da infecção. A prevenção vale ouro!

Como pudemos ver, a candidíase oral é um problema comum e que causa muitas dúvidas, mas esperamos ter respondido a todas as suas perguntas. Agora, sempre que possível, oriente as pessoas ao seu redor acerca dos métodos de prevenção contra essa doença.

Lembrando que bons hábitos bucais são essenciais para garantir a saúde do seu sorriso. Então, agende uma consulta na Odontoclinic mais próxima de você e se proteja, já que a sua prevenção contra diversas enfermidades estará garantida.

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário