Saiba tudo sobre as principais doenças na boca e como tratá-las

Doenças na boca, principalmente as mais comuns, podem parecer inofensivas, mas não se engane: elas podem trazer consequências muito ruins para o seu dia a dia. Então, você deve se preocupar em conhecer os sintomas, além de saber como manter a sua saúde bucal em dia para evitar esses problemas.

Pensando nisso, fizemos este conteúdo para você, explicando o que é uma doença bucal, quais são os tipos mais comuns, quais são as principais causas e como preveni-las. Além disso, também falaremos sobre os tratamentos mais comuns em cada caso. Continue lendo para saber mais! 

O que é uma doença bucal?

Pode ser considerada doença bucal qualquer condição que envolva as mucosas da boca, a gengiva, nos dentes e também doenças na língua. É importantíssimo acompanhar a saúde bucal, porque esses quadros, além de causarem desconforto e dor em muitos casos, podem desencadear em problemas ainda maiores. 

7 principais tipos de doenças na boca

Você sabia que sífilis, leucemia, anemia, diabetes e até bulimia são doenças que se manifestam na boca? Pois é. Para que você fique atento aos sintomas e consequências de não cuidar da sua saúde bucal, separamos uma lista das doenças mais comuns na boca. Veja a seguir quais são elas! 

1. Cárie

A cárie é a segunda doença mais comum depois do resfriado. Ela é resultado de uma corrosão que ocorre diretamente no dente. A cárie é, também, a causa mais comum da perda de dentes em crianças menores de 12 anos. Por isso é recomendada a visita periódica ao dentista para prevenir doenças bucais em crianças, como a cárie. 

Tratamento para cárie

O tratamento da cárie depende da fase em que ela se encontra. Se a cárie está inativa e não lesou o esmalte, é possível fazer uma restauração, a famosa obturação, que consiste em uma raspagem e aplicação de resina. 

2. Gengivite

A gengivite é causada por diversas bactérias. Quando essas tais bactérias ficam no sulco gengival (margem da gengiva e abaixo dela), ocorre a produção de toxinas. A reação da gengiva, então, causa inchaço e inflamação. Quando não tratada, evolui para periodontite, outra doença da gengiva

Tratamento para gengivite 

Geralmente, o tratamento da gengivite é feito por meio da remoção da placa bacteriana e do tártaro, seguida de uma higienização bucal adequada. A placa e o tártaro são as causas mais comuns, por isso é preciso eliminá-las para tratar a gengivite. 

3. Periodontite 

A doença periodontal ocorre quando a gengivite evolui e passa a afetar os tecidos de suporte e o osso. Bolsas são formadas em volta dos dentes, causando inflamação e também perda óssea. Os dentes também podem amolecer nesse caso, o que explica ser uma causa comum da perda de dentes em adultos. 

Tratamento para periodontite 

O tratamento para periodontite consiste na limpeza profunda, feita em consultório odontológico. Dependendo do dano, pode ser necessário uma pequena cirurgia para higienizar as áreas mais afetadas na gengiva e no osso. O dentista pode ainda receitar antibióticos, anti-inflamatórios e bochechos com antissépticos. 

4. Afta

A tão conhecida afta é uma lesão que se forma na gengiva e em outros tecidos da boca. Os dentistas também chamam as aftas de úlceras aftosas. A afta cicatriza, normalmente, entre 10 e 14 dias. Não existe uma causa comprovada, mas estão envolvidos fatores como hormônios, estresse, infecções, problemas imunológicos etc.

Como tratar afta

Algumas dicas para aliviar os sintomas da afta incluem o resfriamento da boca com gelo. O dentista pode tratar as aftas através da receita de pomadas anti-inflamatórias e analgésicas, antiácidos e medicamentos de uso oral. 

5. Candidíase

A candidíase é causada pelo fungo Candida albicans, que é natural do organismo. Um dos sintomas dessa doença na boca é o aparecimento de placas brancas que parecem coalhada na língua, no interior das bochechas, no fundo da boca e no palato. O tratamento com antibióticos, por exemplo, pode desencadear a candidíase. 

Tratamento para candidíase oral 

O tratamento para candidíase na boca é feito por meio de medicamentos prescritos pela dentista ou clínico geral. Há opções de tratamento que envolvem uso medicamentoso oral, sendo que de acordo com o grau de infecções mais resistentes, a dose deve ser ajustada. 

6. Herpes labial

A herpes labial é uma doença causada pelo vírus da herpes simples. A primeira infecção pode vir acompanhada de sintomas parecidos com os da gripe. O sintoma mais comum são as bolhas de líquidos que surgem ao redor da boca, formando depois crostas que são um tanto quanto dolorosas. 

Tratamento para herpes na boca

Para eliminar a herpes labial, são prescritos medicamentos que atuam contra o vírus. É possível também administrar pomadas para amenizar os sintomas, além de géis de zinco que fazem as bolhas fecharem mais rápido. 

7. Doença mão-pé-boca

Essa doença é muito comum em crianças. Essa condição causa bolhas levemente dolorosas na palma das mãos, interior das bochechas e na língua, além das plantas dos pés e no bumbum. Isso ocorre após, no máximo, 2 dias de febre e dor de garganta, sendo que no terceiro, a infecção tende a desaparecer. 

Como tratar doença da mão-pé-boca

O tratamento da doença mão-pé-boca pode ser feito com medicamentos diversos para os sintomas, como antitérmicos e anti-inflamatórios. Em alguns casos, o médico pode receitar também remédio para aftas e antialérgicos. 

Principais causas de doenças na boca

As causas de doenças na boca podem ser muitas, por isso, é fundamental consultar o seu dentista e/ou o clínico geral para analisar sinais e indicar os meios de prevenção e tratamentos adequados. Entretanto, há alguns algumas causas comuns, veja:

  • doenças causadas por falta de higiene na boca;
  • doença na boca causada por fungo;
  • doenças causadas por bactérias na boca;
  • doenças causadas por placa bacteriana;
  • doenças causadas por tártaro nos dentes.
  • doenças causadas pelo cigarro na boca.

Além de manter a higiene bucal em dia, há alguns hábitos que podem ser adquiridos e eliminados para evitar essas causas. Vejamos a seguir quais são elas! 

Como prevenir doenças na boca?

O primeiro passo para prevenir doenças bucais é manter a higiene bucal em dia. Isso significa escovar os dentes de 30 a 60 minutos após as refeições, passar o fio dental regularmente e visitar o dentista periodicamente, no mínimo, de 6 em 6 meses.

Além disso, a alimentação balanceada é fundamental para evitar problemas como deficiência de nutrientes e manter seu organismo forte. Por fim, evite o uso de tabaco e outras substâncias que podem causar problemas nesse sentido. 

A importância de ir ao dentista para evitar doenças na boca

Ir ao dentista com frequência é superimportante não apenas para identificar e indicar tratamentos para doenças na boca, mas também para prevenir que elas ocorram! Com o acompanhamento, você mantém a saúde bucal em dia, aprende a cuidar direitinho da sua higiene e evita os desconfortos e potenciais complicações dessas condições.

Sabe o que é sempre bom para não cometer erros na hora de zelar pelo seu sorriso? Informação! E a Odontoclinic está sempre preparando conteúdos incríveis para você ficar por dentro de tudo que precisa saber: assine a nossa newsletter e tenha acesso! 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários

Agende sua avaliação

Materiais Grátis

Posts relacionados

Inscreva-se para receber novidades

O que você procura?
Últimas publicações
Feridas no céu da boca? Leia o post para saber o que pode ser, quais são as principais causas e o que fazer!
Dente infeccionado ou inflamado? O que fazer se o dente estiver inflamado? Leia o post e tire suas dúvidas!
Piercing no smile é aquele que aparece quando a pessoa sorri, mas será que ele faz mal para os dentes? Tire suas dúvidas!