Quais são as principais doenças da língua?

8 minutos para ler
Clínico geral: sempre uma solução ideal pra cuidar de você

As doenças da língua podem requerer um tratamento medicamentoso. Por esse motivo, é importante saber identificá-las

Sabia que a língua é considerada um órgão muito importante do corpo humano? Por meio dela, conseguimos falar, nos alimentar e sentir o sabor das comidas, por exemplo. Mas ela é suscetível a alterações que, inclusive, podem indicar problemas mais sérios. São as chamadas doenças da língua.

Muitas vezes, elas podem ser descobertas pela mudança na coloração, pelo aspecto ou pela presença de incômodos. Ficar de olho nisso é bastante importante para a sua saúde bucal e orgânica.

Separamos as doenças da língua mais recorrentes para você conhecer. Acompanhe!

Língua geográfica

O nome não é à toa: a parte de cima adquire um aspecto de mapa, como se representasse as linhas de um metrô. O aspecto dela é representado por desenhos esbranquiçados e avermelhados. Essa condição também é conhecida como glossite migratória e é resultado de uma inflamação, mas que, geralmente, é benigna.

Conheça os sintomas

A língua geográfica pode persistir por semanas e desparecer sozinha. Nem sempre ela apresenta sintomas, por isso, não são todas as pessoas que percebem a condição. No entanto, algumas podem sentir mais sensibilidade na região, em especial com alimentos condimentados e ácidos.

Saiba como evitar

Esse é um dos tipos de doenças da língua que são influenciadas pela genética, portanto, nem sempre há como evitar. Contudo, deficiência de vitamina B e alterações hormonais também podem interferir. Logo, é recomendado manter os check-ups médicos e os exames de sangue em dia.

Descubra como tratar

O tratamento requer uma avaliação prévia do dentista, pois ele precisa descartar a presença de outras doenças graves. O profissional pode passar anti-inflamatórios, dependendo da situação. Mas, na maioria das vezes, aumentar os cuidados com a higiene da boca, com uso de antisséptico adequado já ajuda bastante.

Aftas

Quando falamos em doenças da língua, as aftas são umas das mais comuns. São espécies de lesões protuberantes na mucosa, que podem ter a coloração avermelhada, amarelada ou esbranquiçada.

Conheça os sintomas

O local da afta costuma ficar inchado e bastante dolorido, podendo incomodar e apresentar ardor ao se alimentar. Além disso, o inchaço pode deixar o local suscetível a mordidas acidentais, o que piora o problema.

Saiba como evitar

Existem diversos motivos para o aparecimento de aftas: estresse, ansiedade, sistema imunológico baixo e sensibilidade estomacal são os mais comuns. Entretanto, há outros casos bastante sérios, como herpes, varicela, sífilis e gonorreia. Por isso, é importante cuidar da saúde de forma geral.

Descubra como tratar

O tratamento depende da causa. O dentista pode receitar uma medicação para você usar durante alguns dias, se for um motivo mais simples. Mas, se as aftas aparecem com frequência, é importante realizar outros exames para identificar a razão, está bem?

Candidíase oral

A candidíase oral é causada pelo fungo Candida albicans, que forma placas esbranquiçadas. A condição também é conhecida como sapinho e, apesar de ser uma das doenças da língua mais comuns em crianças, pode aparecer em adultos e idosos.

Conheça os sintomas

A região afetada costuma ficar dolorida, podendo sangrar. Bebês e crianças são mais sensíveis, então, podem apresentar mudanças no comportamento, como o de recusar se alimentar.

Saiba como evitar

As crianças devem estar com as mãos sempre limpas, além de evitar que levem objetos sujos à boca. Idosos também precisam manter a higiene adequada da dentadura, pois elas são suscetíveis à contaminação. Além disso, é importante cuidar do sistema imunológico.

Descubra como tratar

O tratamento costuma ser simples e envolve pomadas ou antissépticos específicos. Contudo, crianças muito pequenas ou pacientes em tratamento de quimioterapia podem necessitar de cuidados especiais.

Câncer de língua

Embora não seja o tipo mais comum de câncer, saiba que ele existe. A doença tem origem em pequenas células que recobrem a parte de cima da língua. Na maioria dos casos, surge em pessoas que fumaram por longos anos.

Conheça os sintomas

Os sintomas costumam afetar toda a parte oral: dor de garganta crônica, incômodo ao mastigar e manchas estranhas que não desaparecem. Além disso, é possível sentir incômodo na mandíbula e nos lábios. Sangramentos e mau hálito são outros possíveis sinais.

Saiba como evitar

É fundamental adotar um estilo de vida saudável, com visitas regulares ao dentista e ao médico, além de evitar cigarro e álcool. Quem tem parentes de primeiro grau que apresentaram algum câncer precisa ter cuidados mais rigorosos. Fora isso, a higiene bucal também é importante para afastar a doença.

Descubra como tratar

O tratamento do câncer de língua depende do avanço da doença. Pode ser necessário retirar as células malignas ou realizar radioterapia e quimioterapia.

Língua preta pilosa

Já ouviu falar nessa doença da língua? Ela acontece pelo acúmulo de queratina nas papilas e apresenta uma coloração marrom na superfície, dando o aspecto de pelos escuros. Ainda pode acontecer por infecções com fungos ou bactérias.

Conheça os sintomas

Na maioria das vezes, não há sintomas, somente a aparência. Em alguns casos, porém, é possível apresentar mau hálito, sensação de náusea, além de gosto metálico na boca.

Saiba como evitar

Para evitar a língua preta pilosa é importante ter uma boa higiene na boca, já que a sujeira predispõe ao acúmulo de bactérias nocivas. A escovação e uso do raspador de língua são indispensáveis.

Descubra como tratar

Em alguns casos, o dentista recomenda antibióticos e antifúngicos. Realizar uma limpeza mais profissional faz parte do tratamento. Depois, é necessário continuar com os cuidados em casa para o problema não voltar.

Macroglossia

A macroglossia é o tamanho aumentado da língua, que pode ocorrer como uma característica hereditária ou um distúrbio raro. Doenças metabólicas como hipotireoidismo e amiloidose também aumentam a predisposição.

Conheça os sintomas

Apesar de a condição não causar dores, ela pode ser incômoda devido à língua se projetar para fora boca. Isso costuma atrapalhar a alimentação, a fala, a respiração, além de causar distúrbios no sono.

Saiba como evitar

É possível descobrir cedo essa doença. O diagnóstico pode ser feito pelo dentista, que coletará dados do histórico familiar, realizará exames clínicos e poderá indicar avaliações médicas, como a de um pediatra ou neurologista.

Descubra como tratar

O tratamento depende da gravidade da macroglossia. Alguns casos requerem a fonoaudiologia. Já outros precisam de intervenção cirúrgica.

Pênfigo vulgar

Mais um exemplo nessa lista de doenças na língua humana é o pênfigo vulgar. É uma doença autoimune que se caracteriza por uma reação exagerada do organismo, com a presença de bolhas.

Conheça os sintomas

As bolhas são dolorosas, podem estourar e demorar para fechar. Além da língua, aparecem na mucosa da gengiva e na garganta. As feridas costumam incomodar durante a fala e a alimentação.

Saiba como evitar

Por ser uma doença autoimune, é mais difícil impedir o aparecimento. No entanto, depois do diagnóstico, um médico pode ajudar com informações importantes sobre como identificar o momento que ela está prestes a reaparecer.

Descubra como tratar

doenças da lingua

O tratamento costuma demandar corticoides, além de um trabalho conjunto do médico com o dentista. O problema costuma ser incômodo e sério, por isso é fundamental adotar os cuidados recomendados.

Para concluir, saiba que existem outros tipos de doenças da língua, viu? Além disso, elas podem indicar que outros órgãos do seu corpo não estão funcionando bem. Nesse contexto, é sempre importante consultar seu dentista com frequência, além de marcar o quanto antes quando desconfiar de qualquer alteração.

Gostou do conteúdo? Então, cadastre-se com seu e-mail e receba outros artigos interessantes como este direto em sua caixa de entrada!

agendamento
Posts relacionados

Deixe um comentário